diferença entre curso técnico e tecnólogo

Qual a diferença entre curso técnico e tecnólogo?

A principal diferença entre curso técnico e tecnólogo é que o primeiro tem duração mais rápida e pode ser feito por pessoas que não concluíram o ensino médio. Já o tecnólogo tem valor de uma faculdade, mas ainda não se compara a uma graduação. No Blog Vai de Bolsa, já abordamos se vale a pena fazer um curso tecnólogo. Mas, antes disso, é indicado que você saiba as diferenças desse tipo de curso para um curso técnico, a fim de tomar a melhor decisão. Nesse texto você vai ter todas as dicas necessárias para escolher o melhor curso para o seu objetivo profissional.

Por que é preciso saber a diferença entre curso técnico e tecnólogo?

A resposta está no seu objetivo profissional. Tanto o curso técnico quando o tecnólogo são formatados para formar pessoas mais práticas. Ou seja, a sua formação será para resolver problemas e entregar soluções. Então, se você gosta de processos e de colocar a mão na massa pode estar no caminho certo. Além disso, para se dar bem no mercado de trabalho é preciso apresentar ao menos uma capacitação especializada em uma área. Então, nada melhor do que oferecer ao empregador uma formação mais direcionada para a real necessidade. Dessa forma, uma pessoa com formação em um técnico ou tecnólogo sai na frente dos concorrentes.

Conheça a realidade do curso técnico

Para entender a diferença entre curso técnico e tecnólogo é preciso saber que a primeira opção é voltada para a prática profissional. Além disso, tem uma duração mais curta, de sete meses ou até de um ano e meio. Sendo assim, você garante sua especialização muito mais rápido e pode logo conseguir uma vaga no mercado. No entanto, os cursos técnicos formam profissionais para atuar em atividades mais operacionais. Só que uma vantagem de escolher um curso técnico é que ele pode ser feito juntamente com o ensino médio. Aliás, mesmo se você ainda não tem esse ensino completo, pode já se matricular no curso técnico. Então, é uma ótima opção para os jovens que já estão pensando em uma profissão. No Blog Vai de Bolsa, já falamos sobre as chances de conseguir um emprego por meio de um curso técnico ou de uma faculdade.

Modalidades

Considerando a diferença entre curso técnico e tecnólogo, é preciso saber que existem algumas modalidades da primeira opção. Sendo assim, levando em consideração o seu perfil escolar e também a sua idade, você pode escolher entre uma delas. O ensino técnico integrado é voltado para quem já concluiu o Ensino Fundamental. Sendo assim, dá para começar a sua especialização enquanto estuda também para o ensino médio. Então, o curso técnico funciona como um complemento profissional. Nessa modalidade, a duração é maior. Afinal, você precisa dividir o conhecimento e o tempo entre as disciplinas. Então, o curso técnico pode durar até quatro anos.A vantagem é que ao final desse período você receberá dois diplomas: o do Ensino Médio e o de Técnico de Nível Médio. Existe ainda a modalidade Concomitante. Nesse caso, o curso é para quem já concluiu a primeira série do ensino médio. Assim, é possível finalizar o segundo e o terceiro ano do ensino regular e também fazer o curso técnico. É uma vantagem para você que escolheu a profissão com um pouco mais de calma. Aliás, dá para fazer esses cursos em uma mesma instituição de ensino ou mesmo em escolas diferentes. O curso dura cerca de dois anos. Por fim, existe ainda a modalidade Subsequente. Ela é para você que já tem o diploma do ensino médio e deseja continuar os estudos conquistando uma especialização profissional. Nesse caso, a formação depende do curso da escolha e dá direito apenas ao diploma do ensino técnico.

Opções de cursos técnicos

Considerando a diferença entre curso técnico e tecnólogo, vale saber que no primeiro caso existem muitas opções. Aliás, tudo depende da instituição de ensino autorizada pelo Ministério da Educação (MEC). Também vale levar em consideração a realidade da sua região antes de escolher uma formação. Quanto mais emprego disponível na área, melhor. Veja algumas possibilidades:

Técnico em Logística

Você será um especialista em operações logísticas. Considerando a diferença entre curso técnico e tecnólogo, isso significa na segunda opção que você será capacitado para colaborar no planejamento e execução de tarefas em empresas e indústrias. Sendo assim, dá para ter uma ideia que quanto mais empresas e indústrias aí na sua região, melhor. Durante a formação desse curso você vai aprender sobre procedimentos de transportes, armazenamento e distribuição nas cadeias de bens e serviços.

Técnico em qualidade

Essa é outra opção para você. Durante o curso você será capacitado para dar o apoio técnico a implementação e a manutenção dos sistemas de gestão da qualidade. Além disso, sua principal função será controlar a qualidade de produtos e processos. Então, é preciso ter intimidade e vocação para essas áreas. Afinal, você terá que atuar em auditorias de sistemas de gestão da qualidade, considerando os padrões de todos os processos. Durante o curso você será capacitado para identificar todas as normas, procedimentos e requisitos técnicos, de qualidade, de saúde e segurança.

Técnico de alimentos

Para quem gosta do ramo da gastronomia e da nutrição, essa pode ser uma boa saída. O curós vai apoiar você na coordenação e no desenvolvimento dos processos produtivos de alimentos. Você vai zelar pela segurança e também avaliar a qualidade das matérias-primas, dos insumos, dos processos e dos produtos. Tudo isso, é claro, você vai aprender durante o período em sala de aula e nos laboratórios. Por fim, também saberá implementar sistemas de gestão, de acordo com normas e legislações sanitárias e ambientais. Sua função será sempre a de preservar a segurança no trabalho e a qualidade.

Técnico em estética

A área cresce muito e exige cada vez mais profissionais. Sendo assim, tem muitas opções de trabalho, além disso, é possível abrir o próprio negócio depois de concluir a sua formação. O salário é bom e os ganhos podem aumentar com o passar do tempo e quanto mais experiência.

Conheça a realidade do tecnólogo

A principal diferença entre curso técnico e tecnólogo é que a segunda opção pode ser oferecida em universidades públicas ou privadas. Além disso, o curso tem uma duração maior. Você precisará frequentar a sala de aula de 2 a 3 anos. É uma formação bem mais completa, mas continua orientando você para a parte prática do mercado de trabalho. O melhor mesmo é que com essa formação você receberá um diploma de ensino superior em tecnologia. É mais uma diferença entre curso técnico e tecnólogo. No entanto, vale destacar que para fazer a sua matrícula no tecnólogo é preciso ter concluído o ensino médio completo e passar por um processo seletivo. É importante destacar que o tecnólogo vai sim focar em matérias mais práticas. No entanto, você também será capacitado para exercer funções como gerência e gestão de empresas. Assim como o curso técnico, o tecnólogo oferece diferentes possibilidades para você.

Opções de tecnólogos

Você precisa estar preparado para escolher a sua área de atuação. Para isso, vale saber que o tecnólogo também está dividido em áreas do conhecimento. Sendo assim, você pode escolher a sua profissão de acordo com as habilidades e também com sua vocação. Separamos algumas para você avaliar:

Tecnólogo na área de Controle e Processos Industriais

Essa é uma área em constante evolução. Existem muitas vagas à disposição dos candidatos. Além disso, a concorrência ainda é baixa, já que poucos profissionais se interessam pela carreira. O investimento vale a pena para se diferenciar no mercado. O eixo Controle e Processos Industriais lida com os principais processos mecânicos. Mas não é só isso. Você também vai precisar dominar técnicas sobre eletricidade e eletroeletrônicos que são parte fundamental de qualquer atividade produtiva.

Tecnólogo na área de Gestão e Negócios

Uma área ampla de atuação. É assim que esse eixo se denomina na hora de atrair novos alunos. Os cursos dessa área vão formar você para trabalhar em empresas de diferentes tamanhos e áreas de atuação. Sua missão será a de atuar para resolver problemas sobre empreendedorismo, desenvolvimento interpessoal, legislações, normas técnicas e responsabilidade social.

Tecnólogo na área de Informação e Comunicação

Outra área com muitas possibilidades. Dá para aproveitar o conhecimento adquirido ao longo desse curso para atuar em diferentes processos e empresas. Geralmente a sua missão será a de trabalhar com tecnologia da informação ou áreas da comunicação. A empregabilidade é alta e a concorrência tem aumentado ao longo dos anos. Mesmo assim, ainda é uma ótima carreira para encarar os desafios. E então, entendeu bem qual a diferença entre curso técnico e curso tecnólogo? Acesse mais informações sobre capacitação e mercado de trabalho no Blog Vai de Bolsa.
Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *