Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!
quando fazer uma pós graduação

Quando fazer uma pós-graduação? Saiba como decidir

Ao finalizar um curso de graduação pensamos em continuar os estudos, mas realmente sabe quando fazer uma pós-graduação? Entenda um pouco mais sobre o que é uma pós-graduação, qual o melhor momento em fazer e quais as vantagens de buscar uma especialização.

Em suma, uma pós-graduação no currículo pode aumentar e muito sua empregabilidade no mercado de trabalho. Além disso, abre portas para novos conhecimentos e também em uma melhor qualificação e atualização.

Confira!

Saiba mais: Como construir uma nova carreira com uma pós-graduação?

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o VESTIBULAR Estácio que está chegando com 70%* de desconto em todo curso.

Tipos de cursos de pós-graduação

Antes de falarmos sobre quando fazer uma pós-graduação, vamos compreender os tipos existentes: stricto sensu e lato sensu,

Cursos stricto sensu

A palavra stricto sensu tem origem latina e quer dizer “estudo estrito”, ou seja, visa dar sequência aos estudos da graduação.

Nesse sentido, o mestrado e o doutorado são cursos stricto sensu, que focam em pesquisa e desenvolvimento de conhecimento científico. O grau de mestre é adquirido após dois anos e o de doutor após quatro anos de estudos. Além de apresentação de uma dissertação e tese, respectivamente, ao final.

Cursos lato sensu

Por outro lado, lato sensu significa “estudo amplo”, ou seja, um curso que visa obter conhecimento mais abrangente em diferentes áreas. Aqui, os cursos não possuem vínculo acadêmico tão forte em comparação com o stricto sensu, e sem tantos pré-requisitos.

Assim, esses cursos são criados e voltados para os profissionais que já atuam no mercado de trabalho, ou seja, que já tenham um certo grau de experiência no assunto da especialização.

Desse modo, os cursos de especialização, incluindo o cursos de Master of Business Administration – MBA fazem parte desse grupo.

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

Quando o mercado busca profissionais com pós-graduação?

Em resumo, a pós-graduação stricto sensu era vista apenas para aqueles que buscam seguir a carreira acadêmica, e a lato sensu prepara o estudante para o mundo corporativo.

Mas as coisas parecem que estão tomando outro rumo. Um estudo recente da consultoria Produtive mostra uma valorização do mestrado e doutorado no meio corporativo, o que proporciona melhores salários.

Dessa forma, as empresas buscam profissionais com especialização e que possuam conhecimentos aplicáveis nas atividades organizacionais.

Contudo, se estamos nos referindo a área técnicas, o interessante será investir em pós graduação lato sensu por permitir adquirir conhecimentos específicos e aplicáveis na sua rotina de trabalho.

Por outro lado, as área da saúde, por exemplo, o conhecimento teórico é essencial sendo mais indicado fazer uma especialização strito sensu.

Então, sabe-se que o mercado busca um profissional com especialização, mas não é só isso! Busca, também, profissionais com um olhar sistêmico e abrangente, ou seja, que possuam conhecimento de todos os processos que envolvem a empresa.

Portanto, caso esteja já no mercado de trabalho e busque fazer uma pós-graduação, primeiramente, observe as necessidades da organização e só depois faça sua escolha.

Nesse ponto, a experiência será o “termômetro” para qual o melhor momento em fazer uma especialização. Entenda um pouco mais!

Quando é melhor fazer uma pós-graduação?

Resposta difícil, pois não há uma regra para qual o melhor momento de realizar uma pós-graduação. No entanto, você pode usar uma técnica: pense sua carreira como ciclos de amadurecimento.

Nos primeiros anos após o término da faculdade você está empolgado e faz tudo com muito entusiasmo e vontade de aprender.

Entre o 3º ao 5º ano de formado, já possui um certo grau de maturidade e fica mais fácil optar por qual área tem maior interesse. Aí, nesse momento, pode pensar em buscar um curso de especialização.

Chegando ao 6º ao 10º ano de formado, sua experiência e maturidade alcançam um nível adequado e pode-se pensar em fazer cursos mais robustos, como um mestrado, por exemplo.

Nesse momento, pode ser ideal buscar fazer um MBA, já que a experiência e o tempo de serviço podem levar a assumir um cargo que exija desenvolver técnicas de gestão.

Portanto, possuir um tempo de experiência é fundamental para aqueles que desejam fazer uma pós-graduação em outra área do conhecimento, diferente da sua área de formação.

Por exemplo, um engenheiro na sua carreira sente necessidade em adquirir conhecimento de gestão de finanças e opta por se especializar.

Por fim, só depois de cursar uma pós-graduação em nível de mestrado você poderá pensar em fazer um doutorado e tirar bom proveito do estudo, visto que é pré-requisito obrigatório.

Porém, como falado anteriormente, não há regra ou tempo certo para fazer uma especialização. O que define é seu grau de maturidade, a linha profissional escolhida, afinidade com a área e a experiência adquirida no mercado de trabalho.

Mas uma coisa é certa: o mercado não quer apenas títulos! Ele quer saber o quanto desse conhecimento adquirido nas especializações têm aplicação e será satisfatório para o desenvolvimento da organização.

Particularidades

Agora, se você busca seguir a carreira acadêmica, o tempo é diferente e as regras são outras. Uma ideia é aproveitar o embalo dos estudos e emendar o fim da faculdade com o início da pós.

Outro caso, com particularidade, é o de profissionais que têm um contato precoce com as atividades empresariais, as ditas empresas familiares.

Na sua maioria são profissionais que atuam em alguma função da empresa sem mesmo ter terminado a sua graduação. Nesse caso, o profissional poderá optar em fazer uma pós-graduação logo após o término da faculdade.

Ainda podemos citar aqueles que desenvolveram habilidades frente aos desafios e situações complexas quando eram apenas estagiários. Essa experiência pode adiantar o passo seguinte após sua conclusão no curso de graduação.

Principais vantagens em fazer uma pós-graduação

Separamos algumas vantagens de fazer uma pós-graduação o que vai ajudar a escolher o curso certo para você. Veja e atente-se!

Você irá estudar algo que gosta!

Não poderia ser diferente! Quem opta por fazer uma pós-graduação já possui em mente a área que mais o agrada e com maior afinidade.

A escolha pode ser originada de sua experiência no estágio realizado, nas atividades desenvolvidas no trabalho ou até mesmo através das disciplina feitas durante a graduação.

Além disso, quem escolhe as disciplinas cursadas na pós-graduação são os alunos de acordo com seu interesse. Diferentemente da graduação, que possui uma grade curricular mais rígida, com disciplinas obrigatórias.

Aprimore seu currículo

Fazer um curso de pós-graduação pode trazer melhores oportunidades de trabalho e maior remuneração. Assim, ter no seu currículo essas especializações chamam a atenção dos recrutadores.

Além disso, os alunos de pós-graduação têm oportunidades de conhecer profissionais de áreas correlatas, trocar experiências e montar sua rede de contatos.

Atualização do conhecimento

Sem dúvida, quando se faz uma especialização busca-se aprimorar certos conhecimentos e adquirir novos para alavancar sua carreira. Assim, estar sempre atualizado é um dos motivos que levam os profissionais a fazerem um curso de pós-graduação.

Almejar cargos mais elevados

Quem faz uma pós-graduação lato sensu talvez busque uma promoção na empresa ou fora dela.

Estudos apontam que entre os profissionais que fizeram uma especialização na modalidade MBA, 40% deles receberam uma promoção no trabalho depois de fazer o curso. E outros 53% afirmaram ter assumido novas responsabilidades. Oestudo foi realizado pelo Conselho de MBA Executivos (o Executive MBA Council – Embac), em 2014.

Aumento da empregabilidade

Fazer uma pós-graduação pode ser uma ótima oportunidade de conseguir um emprego ou uma nova oportunidade no mercado de trabalho. Fato pelo qual os recrutadores admiram profissionais que estão em constante atualização e aprimoramento de conhecimento.

Poder mudar de carreira

Fazer uma pós-graduação não é algo engessado. Você poderá fazer escolhas de acordo com suas perspectivas de sucesso, seja na área da graduação ou em outra qualquer. Adquirir novos conhecimentos sempre trará retorno profissional e pessoal.

Mas atente-se para os pré-requisitos exigidos nas especializações. Isso vai depender do curso desejado e da instituição.

Para exemplificar, o curso de pós graduação em direito penal exige graduação em Direito, mas por outro lado, se o interesse for no direito ambiental não há necessidade de tal exigência. Mas pode variar de faculdade para faculdade.

Leia mais: Quando vale a pena investir na pós-graduação para a minha carreira?

Entendeu quando fazer uma pós-graduação?

O texto trouxe informações importantes para auxiliá-lo quando fazer uma pós-graduação e está claro que não há tempo certo. O aproveitamento das especializações depende muito do seu interesse e de sua experiência.

Por isso, conte com plataformas e busque por conteúdos educacionais de qualidade para fomentar sua formação. 

Acompanhe nosso blog e nossas redes sociais, fique por dentro das novidades do ensino e conheça as melhores dicas de capacitação.

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *