Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!
quanto ganha um biólogo

Quanto ganha um biólogo? Tudo sobre a profissão!

A área de Ciências Biológicas é uma das mais abrangentes e com possibilidade de emprego no mercado de trabalho. Foi-se o tempo quando pensávamos no profissional como alguém que apenas estuda o comportamento da fauna e flora. Um biólogo pode ser crucial em empresas e outras instituições e, com isso, ter um bom salário. Aí você se pergunta: mas quanto ganha um biólogo?

Antes de responder, é bom entender a atuação desse profissional. Ele é o responsável por estudar as várias formas de vida no planeta, observando suas origens, como as espécies se desenvolveram e como se relacionam e se reproduzem. Com isso, o biólogo compreende todo o ecossistema, desde grandes animais, até fungos e bactérias, por exemplo.

É uma área fascinante, não acha? A boa notícia é que existem várias maneiras de atuar nessa linha. Se você se interessa pelas Ciências Biológicas, segue lendo esse texto. Você vai saber quanto ganha um biólogo, sua atuação e como funciona a formação acadêmica.

Leia mais: Áreas de atuação do Biólogo: veja quais as opções de mercado

Bolsa de Estudos
👉 A 1ª mensalidade da sua graduação a partir de R$ 59? Só a Anhanguera para oferecer um Vale Educação com esse desconto.

Graduação de Biologia

Existem duas modalidades para se formar em Biologia. A primeira, a licenciatura, habilita o acadêmico para atuar dentro de sala de aula, ministrando as aulas de Ciências Biológicas em turmas do Ensino Fundamental e Médio. Quem se forma na licenciatura pode atuar no Ensino Superior, mas vai precisar entrar num mestrado ou doutorado e seguir carreira acadêmica. A modalidade dura cerca de quatro anos e apresenta matérias com enfoque no ensino.

A segunda modalidade é o bacharelado. Nela, o aluno terá uma grade curricular com foco na pesquisa acadêmica, ou seja, formará um profissional pesquisador. Assim como acontece na licenciatura, o bacharelado também dura quatro anos. Porém, em algumas universidades dá pra fazer as duas modalidades ao mesmo tempo, mas a graduação é mais extensa.

Áreas da Biologia

Em resumo, existem três áreas principais para atuar. Apesar disso, elas se dividem e podem abranger outras dezenas de possibilidades para o mercado de trabalho. As três bases são: Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde e Biotecnologia e Produção. Vamos conhecer melhor estes segmentos?

Meio Ambiente e Biodiversidade

Esse é o caso mais atrelado ao trabalho de um biólogo. Quem atua nessa área pode realizar estudos sobre fauna e flora, produzindo catálogos de uma determinada região e escrevendo pareceres sobre o impacto de uma ação na biodiversidade local.

Muitos governos, empresas e ONG’s necessitam desse trabalho, pois está muito relacionado à preservação de espécies nativas. Além do mais, nessa vertente o profissional pode prestar consultoria para indústrias, observando como descartar corretamente resíduos ou como os mesmos podem afetar uma determinada região.

Saúde

Muita gente não sabe, mas um biólogo pode atuar na área da saúde, em órgãos públicos e na saúde coletiva, trabalhando em conjunto com profissionais como médicos, nutricionistas e biomédicos, por exemplo.

Assim, o profissional pode ajudar na prevenção de epidemias e na conscientização de seres vivos que causam doenças, como parasitas, bactérias e fungos. Assim, identifica as espécies de determinada região, ajudando a propor e executar ações de controle e extermínio.

Biotecnologia e Produção

Muitas indústrias de Biotecnologia precisam de biólogos para o desenvolvimento de produtos, sejam eles centrífugas, quantificadores ou até mesmo sistemas de fotodocumentação. As empresas fazem os equipamentos e fica a cargo do biólogo desenvolver o novo produto, além de testar o maquinário a partir das necessidades dos cientistas.

Ensino

Já falamos um pouco dessa parte, mas é importante lembrar que o formado em Ciências Biológicas também pode atuar como professor nas redes de ensino pública e privada. Com seus conhecimentos, vai passar aos alunos todos os detalhes dos ecossistemas mundiais e ampliar a visão de mundo dos estudantes, abordando tanto fauna e flora como a situação atual do meio ambiente no mundo.  

Biologia Marinha

Essa opção é bem mais abrangente, pois Biologia Marinha abraça conceitos relacionados à vida marinha, o que convenhamos não é pouca coisa. O biólogo marinho vai fazer um trabalho voltado para o estudo do ecossistema do mar, podendo ser importante para empresas que atuam no setor marítimo.

Por exemplo, indústrias de exploração de petróleo necessitam desses profissionais para entenderem impactos ambientais em determinado local. E é bom lembrar que a área petroleira é uma das mais importantes atualmente.

Quanto ganha um biólogo?

Vamos ser realistas, salário sempre pesa na hora de escolher uma profissão. Porém, como a atuação de um biólogo pode ser bem abrangente, ele varia de acordo com o cargo, empresa, setor e até mesmo onde o trabalhador atua.

Segundo o site Vagas, um biólogo inicia ganhando R$ 2.332, podendo chegar aos R$ 4.056. Entretanto, a média salarial no Brasil é de R$ 3.084. Lembrando que a tendência é de profissionais de órgãos públicos serem mais bem remunerados, porém, essa média é analisada a partir de trabalhos com Licenciamento Ambiental, Educação Ambiental, Monitoramento de Fauna e Impacto Ambiental.

Leia mais: Como é o curso de biologia? Saiba tudo sobre o curso

Vai escolher esse curso?

Sem dúvidas tem onde trabalhar! A área da Biologia expandiu bastante nos últimos anos e ainda vale a pena escolher a graduação. Além do mais, deu de ver quanto ganha um biólogo e qual sua importância em empresas e organizações. Continue lendo todos os conteúdos do Vai de Bolsa para continuar bem informado!

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *