Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!
quanto ganha um psicólogo

Quanto ganha um psicólogo? Confira o salário e as áreas de atuação

O mercado de trabalho continua aquecido para o psicólogo mesmo com a crise econômica. Isso porque foi um profissional essencial para nos ajudar durante a pandemia, o que desperta curiosidade sobre quanto ganha um psicólogo. Afinal, a remuneração também acaba sendo considerada na hora de escolher uma carreira. A psicologia é uma área de atuação bastante interessante por ser um campo com muitas possibilidades. Já faz algum tempo que não se restringe mais a um consultório com um divã.

Depois que ingressar no mercado de trabalho, o profissional poderá atuar em hospitais, instituições de ensino, centros de serviço social, no departamento de Recursos Humanos de empresas, entre outros.

Ou seja, é muito difícil responder exatamente quanto ganha um psicólogo, pois cada área de atuação implica em um desenvolvimento profissional diferente, especializações qualificadas e horas de trabalho diversificadas. Além disso, a localização também influencia na média salarial do profissional.

Continue a leitura e conheça algumas das áreas da psicologia que podem se assemelhar com seu perfil e qual a média salarial de cada uma.

Bolsa de Estudos
👉 A 1ª mensalidade da sua graduação a partir de R$ 59? Só a Anhanguera para oferecer um Vale Educação com esse desconto.

Leia mais: Curso de Psicologia: tudo sobre a faculdade e o mercado!

Quais são as áreas da psicologia e quanto ganha um psicólogo?

Podemos afirmar que não existe uma psicologia, mas sim várias. Isso porque os diferentes ramos do mercado de trabalho fazem da psicologia uma área extremamente ampla e com muitos caminhos a seguir, visto que ela está presente em diversas esferas da vida humana.

Ao terminar a faculdade de Psicologia, o recém-formado pode começar a carreira ganhando cerca de R$ 1.950. Por outro lado, na média nacional, o salário do psicólogo fica por volta de R$ 2.660.

Conheça algumas áreas e o salário de cada uma delas:

Psicologia clínica

Ainda é a área mais famosa dessa profissão, porém o profissional precisa considerar alguns aspectos fundamentais para definir o seu salário. Tais como nível de especialização, quantidade de clientes, horas trabalhadas, local onde está seu consultório, entre outros, para assim poder calcular o valor da sua sessão e quanto gostaria de ganhar por mês.

Com a pandemia, o atendimento online abriu um campo de trabalho gigantesco e também possibilitou uma nova forma de abordagem, mas há pacientes que não abrem mão do atendimento presencial. Por tal motivo, considere manter sempre um consultório.

A média salarial para essa área é de R$ 3.500, mas vale lembrar de considerar todos os aspectos.

Psicologia hospitalar

É responsável por dar suporte emocional para pacientes e seus familiares. Recebe por atendimento ou através da contratação dos hospitais e convênios. Os salários giram em torno de R$ 2.000, independente do nível de especialização.

Psicologia Educacional

Orienta alunos em escolas ou universidades, pode diagnosticar problemas de comportamento ou de aprendizagem, realizar testes vocacionais, entre outros. O profissional é contratado direto pela instituição educacional e a média salarial é de R$ 3.000.

Psicologia Empresarial

Pode trabalhar direto no setor de Recursos Humanos, auxiliando na seleção e contratação de funcionários, por exemplo. E também como autônomo, desempenhando o papel de consultor.

Para os contratados, a média salarial é de R$ 3.500 e o autônomo pode cobrar por projeto ou serviço, como exemplo: recrutamento e seleção de pessoal, em média, R$236,56. Os ganhos como autônomo podem ser maiores, mas exige organização.

Psicologia Esportiva

Trabalha aspectos emocionais e comportamentais de atletas, para que consigam uma melhor performance esportiva. Um bom exemplo são os grandes clubes de futebol, que possuem psicólogos para ajudar os times a lidarem com a pressão dos campeonatos, manterem a disciplina e o foco.

O salário depende do tamanho do empregador, mas a média nacional gira em torno de R$ 2.800.

Leia mais: Entenda o que é psicologia do esporte e se essa área é para você

Psicologia Social

Uma das áreas de atuação mais populares do psicólogo é o serviço social público. Em conjunto com assistentes sociais, atua em penitenciárias, abrigos para menores de idade, orfanatos e asilos.

Geralmente, a instituição paga por contrato. O psicólogo ganha também se associar esse atendimento ao desenvolvimento de pesquisas sobre a saúde mental da população, que são de interesse das universidades, farmacêuticas e da gestão pública. Os ganham são em média acima dos R$ 3.000.

Leia também: Áreas de atuação da psicologia: 7 opções para você escolher

Onde estudar psicologia e como é o curso?

A faculdade de Psicologia dura 5 anos, o estudante precisa apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e fazer um estágio obrigatório, além de cumprir a grade curricular. Ele pode ser feito nas modalidades: licenciatura ou bacharelado e, também, presencial ou EaD.

Ao longo da graduação, que faz parte das ciências humanas, os alunos aprendem sobre as diversas vertentes da psicologia. 

As opções de universidades são grandes. Dentre as públicas temos: UFPE, USP, Ufscar, e muitas outras. Mas nós sabemos como é difícil ingressar nelas devido à grande concorrência e à dificuldade do vestibular. Você sabia que existem bons e acessíveis cursos de psicologia na rede privada?

Para ingressar na faculdade privada você pode optar por realizar o vestibular da própria instituição, que geralmente é menos concorrido, ou utilizar a nota do Enem. O valor das mensalidades varia bastante conforme a instituição de ensino e a região, porém, o preço médio fica em torno de R$ 1.000.

Quanto ganha um psicólogo: o que achou dos valores?

Como em toda carreira, os salários variam de acordo com a qualificação do profissional e com a dedicação que ele tem em sua profissão. Como você pôde observar, há uma variação de quanto ganha um psicólogo, conforme as especializações e estudos que este profissional se propõe a fazer.

Por isso, mantenha-se atento aos cursos, eventos e às demandas de mercado para buscar ser um profissional diferenciado e competitivo.

Se você está interessado, vai gostar de ler também: Confira quais são as principais abordagens da Psicologia

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *