A Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepex) é um dos maiores eventos gratuitos de divulgação científica de Santa Catarina e do Brasil. O evento é realizado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, sempre no período do segundo semestre de cada ano, desde 2000. Porém, na sua décima oitava edição, que ocorreria em 2019, o evento foi cancelado devido ao recente contingenciamento no orçamento das instituições federais de ensno superior pelo Ministério da Educação (MEC), capitaneados pelo ministro da educação Abraham Weintraub.

Apesar dessa triste notícia sobre o cancelamento do evento, vale a pena ficar informado sobre a importância da Sepex para o cenário científico do Estado e do país. Um grande número de professores e alunos são envolvidos no evento anualmente. Acompanhe o post e confira mais detalhes!

O que é a Sepex

A Sepex é a reunião de trabalhos que foram desenvolvidos na universidade, a qual disponibiliza uma data no calendário acadêmico em uma amostra científica aberta ao público. Geralmente, o evento ocorre no segundo semestre, mais precisamente na terceira semana de outubro. Ele conta também com a divulgação de trabalhos das mais diversas áreas do pensamento e educação. Durante esse evento, também são disponibilizados minicursos, que oferecem extensão de ensino à comunidade interna, quanto externa da UFSC.

Para isso, são realizadas diversas palestras e seminários paralelos. É lá que os estudantes que participam de projetos do tipo iniciação científica apresentam o seu trabalho junto à comunidade, sendo ela acadêmica ou não.

Também é importante ressaltar que desde o ano de 2009, a Sepex ocorre junto à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTIC).

Lembre-se que uma universidade é sustentada pelo tripé ensino-pesquisa-extensão. Confira mais detalhes sobre isso no Blog Vai de Bolsa.

História da Sepex

Tudo começou no ano 2000, no quadragésimo aniversário da UFSC. O objetivo da Sepex era apresentar todo o potencial científico e também tornar público a importância do desenvolvimento científico tanto para os estudantes, quanto para a comunidade em geral. Além de demonstrar todo impacto que uma universidade causa na sociedade. Isso por meio de projetos de pesquisa nas várias áreas da ciência e da educação. Dessa forma, o evento trouxe maior participação da comunidade que não fazia parte da academia, integrando as pessoas ao desenvolvimento científico fomentado na universidade.

Pela primeira vez, a UFSC reuniu, em apenas um evento, a divulgação de uma variedade enorme de trabalhos científicos. Desde então o evento foi um sucesso de público e volume de trabalhos científicos. De acordo com o site da instituição, a primeira edição contou com a apresentação de 671 trabalhos na forma de painéis, 91 na forma de estandes; o oferecimento de 63 minicursos para a comunidade interna e externa, atividades culturais contínuas e eventos paralelos de discussão.

Na segunda edição da Sepex, ocorreu um processo de crescimento e ampliação em relação à primeira edição. Dessa vez, o evento contou com a visita de alunos de mais de 100 escolas públicas. Portanto, possibilitou a interação com alunos do ensino regular. Isso estimulou o estudo e aprendizagem a partir da divulgação das pesquisas científicas.

Sendo assim, a Sepex foi crescendo a cada edição, tornando-se o maior evento de divulgação científica do estado de Santa Catarina. Até agora foram realizadas 17 edições. Infelizmente, como relatamos acima, a 18ª edição foi cancelada por motivos de contingenciamento das verbas destinadas à educação.

Atividades e palestras da Sepex

Como esse evento é destinado à comunidade externa e interna da UFSC, a Sepex conta com a variedade de dezenas de cursos, palestras e minicursos. Todos destinados à produção científica e fomentação do amplo debate das áreas do conhecimento e da cultura. Como no ano de 2019 não será realizada a 18ª edição, não será possível ter ideia de quais cursos e palestras estariam disponíveis.

Mas é possível consultar na plataforma da UFSC os cursos homologados em edições passadas. Para isso, basta acessar a plataforma nesse link.

Como participar da Sepex

A grande vantagem de participara da Sepex é justamente a possibilidade de ampliar o conhecimento. Os benefícios são grandes. Os alunos podem abater as famosas AAC’s (Atividade Acadêmica Complementar) e quem é da comunidade externa pode obter certificado de algum curso que optou em se inscrever.

Mas para isso, é preciso realizar uma inscrição prévia, portanto, dois passos são importantes. O primeiro é ficar de olho quando o edital está aberto. O segundo é realizar a inscrição e guardar na memória a data e a hora do curso que será realizado. Fique tranquilo que a UFSC divulga essas informações no site destinado para a Sepex. Para isso, basta acessar o site clicando nesse link. Vale lembrar que só é possível garantir o certificado do curso ao realizar a inscrição prévia. Caso contrário, você não poderá comprovar a participação do evento.

Para saber quais cursos estão disponíveis, a instituição também divulga um edital com as opções e assim todos podem ter acesso e filtrar aquilo que tem mais interesse. No entanto, a página desse ano está offline, portanto, não será possível fazer essa consulta na 18ª edição.

Cancelamento da Sepex 2019

A notícia do cancelamento da 18ª edição da Sepex foi anunciada no site da instituição, no dia 3 de julho de 2019. As datas de realização da 18ª edição da Sepex estavam marcadas para acontecer durante os dias 17,18 e 19 de outubro. Porém, devido ao contingenciamento de verbas destinadas à educação, em nível federal, não será possível realizar o evento.

A justificativa da instituição é que não há como dispor de recursos para arcar com as despesas para realizar a Sepex. E, mesmo que houvesse mudanças no cenário financeiro e orçamentário, não seria possível realizar o evento devido à falta de tempo hábil. Vale lembrar que a Sepex é um evento de grande porte, para isso, é necessário planejamento prévio de logística, montagem de estruturas, locação para convidados, etc.

Em função desses imprevistos, foi necessário o cancelamento da 18ª Sepex e assim buscar uma reestruturação na forma de divulgar a pesquisa científica e acadêmica no Brasil. Resta agora aguardar a que situação orçamentária para as universidades federais ser restabelecida. Além de torcer para que possa ser viabilizado novamente eventos do porte da Sepex.

Se você deseja saber mais sobre o cancelamento da Sepex de 2019 pode acessar a plataforma nesse link. A UFSC costuma atualizar com frequência as notícias pelo portal. Portanto, é importante ficar de olho para saber como serão as próximas edições da Sepex.

Importância da Sepex

A Sepex não é apenas o maior evento de divulgação científica de Santa Catarina. É um dos maiores desse segmento no Brasil. De acordo com o site da UFSC, na 17ª edição, foram mais de 20 mil participantes. Esse público interagiu com cerca de 1250 expositores de estandes. Ou seja, é um público bastante expressivo para um evento desse segmento.

Além disso, o evento proporciona que pessoas fora da academia tenham o conhecimento do que está sendo feito nas universidades. Essa é uma forma transparente e concreta de saber como está sendo investido os recursos destinados à educação. E justamente por ser aberta ao público, permite que a comunidade externa conheça o trabalho realizado pelas pesquisas ao longo do ano. Dessa forma, ocorre a aproximação da academia com a população não acadêmica.

Portanto, fomenta o conhecimento científico e motiva a comunidade externa querer seguir o caminho da pesquisa científica e ingressar no ensino superior.

Agora que você sabe mais sobre a Sepex, lembre-se que é fundamental a participação popular. Não deixe de se informar sobre os eventos científicos próximos de você e participe. Pois essa é a única maneira de saber como funciona o pensamento científico.

Se você deseja saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou curiosidades, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.