Com um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e com novas especializações, novos pré-requisitos são necessários na hora de ocupar uma vaga. Você já ouviu falar em soft skills?

Caso não tenha visto nada a respeito ou tenha uma vaga noção sobre esse termo, esse texto servirá para você. Certamente, desenvolver essas habilidades ajudará você na hora de conquistar a tão sonhada vaga no mercado de trabalho. Afinal de contas, conhecimento nunca é demais.

O que são soft skills

A grosso modo, soft skills são competências ligadas ao nosso lado emocional, são atributos pessoais que contam muito em um ambiente de trabalho, pois estão diretamente relacionadas às relações interpessoais.

Elas estão completamente ligadas ao lado comportamental. Embora o termo seja herdado do inglês e remeta a algo fácil ou leve, é um pouco mais complexo.

Como é muito ligada ao lado emocional, ela depende muito da cognição para se desenvolver. Isso quer dizer que você não tem controle pleno. Afinal de contas, dominar as emoções pode ser algo muito mais complexo do que parece. Portanto, é um processo que se constrói e se desenvolve ao longo da jornada pessoal.

Qual a diferença entre hard skills e soft skills

Existe também o termo hard skills, que são as habilidades profissionais que temos como ofício, ou seja, habilidades técnicas que podem ser comprovadas pela experiência profissional ou pela formação em cursos, graduações, trabalhos exercidos anteriormente, etc.

Nesse sentido, hard skills é algo tangível, que pode ser mensurado. Já soft skills, conforme explicado anteriormente, são habilidades emocionais, portanto estão ligadas à subjetividade, isso quer dizer que são intangíveis.

De forma simplificada, pode-se dizer que hard skills é o que você faz e soft skills é como você faz determinada coisa. É o modo de como se relaciona com o que você faz. Uma competência complementa a outra. Elas são habilidades que não são evidentes logo em um primeiro encontro, costumam se manifestar no âmbito do trabalho e nas relações com o outro após um tempo de convívio.

Por isso é comum existir diversas etapas de processo seletivo em uma empresa, pois é uma forma do entrevistador conhecer mais sobre as suas soft skills.

Quais são as principais soft skills

A seguir, você terá uma noção melhor de quais competências envolvem esse termo.

Resiliência ou flexibilidade

Como os tempos não estão fáceis, essa competência pode ser muito importante para lidar com problemas. Trata-se de uma forma de encarar os desafios sem perder o foco. Essa talvez seja uma das habilidades mais difíceis de se adquirir. Pois envolve muito amadurecimento psicológico e pessoal.  Para desenvolver esta soft skill é necessário muito autoconhecimento.

Devido ao grande dinamismo no mercado atual, saber se adaptar e ser flexível às mudanças é importante. Você deve estar preparado para a quebra de planejamento e ter em mente que muitas vezes são necessários outros planos para contornar as mais diversas situações. Desse modo, saber reinventar e reestruturar pode ser fundamental para evoluir no trabalho. Assim, você irá incorporar novos meios de exercer novas funções.

Muitas vezes as coisas não ocorrem conforme se planeja. Um projeto valioso no qual você depositou muita energia pode render resultados aquém do esperado. As pessoas ao redor podem não corresponder conforme a expectativa. Portanto, ser resiliente é também saber lidar com frustrações e sair de situações adversas.

Empatia

Essa é uma habilidade indispensável para um bom convívio tanto no âmbito do trabalho quanto na sociedade de modo geral. A empatia pode abrir portas para você. Ela é uma maneira nobre de compreender o próximo, é a capacidade que uma pessoa tem em se colocar no lugar de outra. Um bom líder ou gestor deve ter essa habilidade muito bem desenvolvida, caso contrário trará muitos problemas para a motivação da equipe.

Comunicação

Esse é um fator muito importante nas relações interpessoais. Você deve saber se comunicar e se expressar, assim conseguirá obter o que deseja. Pois se comunicar com clareza é fundamental para o bom entendimento do próximo. Entender sobre comunicação também lhe atribui a competência de compreender os outros. Ela é extremamente útil não apenas no ambiente de trabalho, mas em todas as situações do dia a dia que envolvem relacionamento com o próximo.

Cooperação

Individualismo em um ambiente de trabalho muitas vezes não é saudável. Trabalhar em equipe é importante para que se consiga chegar mais longe e com resultados mais sólidos. Você precisa trabalhar de modo efetivo com aqueles que estão ao redor. Um bom desenvolvimento dessa habilidade ajudará você a ser colaborativo. Essa é uma forma de se tornar uma boa influência no trabalho e evitar ambientes tóxicos.

Equilíbrio emocional

Com a grande concorrência hoje em dia, o tampo cada vez mais curto e a grande demanda de exigência das mais variadas formas, um bom profissional precisa ter equilíbrio emocional. Essa é uma forma de encarar e conseguir lidar com o trabalho sob pressão. É comum ter momentos mais intensos durante as jornadas no trabalho e muitas vezes um momento de tensão pode abalar o seu desempenho. Sendo assim, o bom desenvolvimento dessa habilidade fará com que essa questões não pesem muito em seus ombros.

Pensamento crítico

Pensar criticamente é fundamental para analisar as situações e tomar as melhores decisões. Porém, tome cuidado para não afetar os outros de forma negativa. Pensar de forma crítica é compreender com mais riqueza as mais diversas situações. É através dessa habilidade que você consegue enxergar outros pontos de vista e projetar outras soluções.

Liderança

Eis uma habilidade que nem todos sabem exercer e talvez seja a mais difícil de administrar. De certa forma, ela é a soma de todas as outras habilidades ou todas elas fazem de você alguém bem desenvolvido nessa competência. É acima de tudo a excelência em conduzir as pessoas, gerir problemas e contornar situações adversas. Um grande líder pode ser um porto seguro para a sua equipe, ele deverá saber como engajar e motivar uma equipe em prol de uma causa.

Um bom líder é aquele que consegue unir todas as competências de soft skills e usar a seu favor. Por exemplo, ele deve saber se comunicar bem, ser cooperativo, flexível, resiliente, etc. Ter essa competência bem trabalhada levará você a ser alguém fundamental dentro do ambiente de trabalho.

Ética no trabalho

Esse é o princípio fundamental que deve reger todas as relações interpessoais. Com esse fundamento bem claro, não haveria nenhuma situação de abuso em todas as esferas das relações humanas. Ser ético é uma obrigação tanto profissional quanto pessoal.

Como desenvolver as soft skills

Agora que você já sabe mais sobre algumas soft skills, é hora de saber como desenvolvê-las. Como as soft skills dependem predominantemente da inteligência emocional, o desenvolvimento dessas habilidades é algo muito individual e depende exclusivamente de você, mas certamente existem alguns passos que podem ser mapeados. Confira a seguir:

  • Seja autocrítico: é fundamental se questionar sobre seus atos e certeza. Sempre é benéfico para você e assim se conhecerá melhor.
  • Saber reconhecer potenciais: é extremamente importante você reconhecer possíveis talentos que estão trabalhando com você, pode ser uma forma de aprender mais ou alavancar profissionalmente uma pessoa habilidosa.
  • Se coloque no lugar dos outros: dessa forma você não cometerá erros com os outros, saberá como agir e se relacionar melhor com as pessoas, evitando injustiças.
  • Pense muito antes de dizer: essa é uma maneira muito válida para evitar mal entendido nas relações interpessoais.
  • Saiba dar e ouvir feedback: é importante que você saiba ouvir críticas, dessa forma você também saberá fazer críticas construtivas e melhorar as condições de trabalho.

Um fator muito importante para desenvolver as soft skills é você estudar sempre e buscar constante aperfeiçoamento profissional. Dessa forma, você será um profissional marcante por onde passa e conquistará as pessoas com quem teve contato, mantendo sempre as portas abertas.

Agora que você sabe mais sobre soft skills, lembre-se de mencioná-las no seu currículo. Neste outro post ensinamos como fazer o melhor modelo de currículo.  Acompanhe outros assuntos relacionados a carreira, educação e mercado de trabalho no blog Vai de Bolsa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui