Técnico em análises clínicas: saiba tudo sobre o curso e a profissão

Se você gosta de ciências, análises laboratoriais e tem interesse em trabalhar na área da saúde de forma investigativa, saiba que é possível a partir do curso técnico em análises clínicas. Esse é um profissional responsável pela análise ou realização de testes laboratoriais. O objetivo é emitir um parecer sobre esses exames, que podem auxiliar os médicos na investigação de várias doenças ou distúrbios nos diversos sistemas do corpo humano.

Para descobrir mais sobre a profissão de técnico em análises clínicas, que dá suporte a atuação do médico, por exemplo, esse post está perfeito. Veja a seguir e saiba tudo sobre como é o curso e a profissão para quem deseja atuar nessa área.

Como é o curso de técnico em análises clínicas

Esse é um tipo de curso para capacitação profissionalizante do aluno, acelerando o seu ingresso no mercado de trabalho.

Tem uma duração média de dois anos, garantindo o certificado profissionalizante nível técnico para quem concluir essa formação. Além disso, algumas instituições permitem que o aluno possa estudar nesse curso desde o 2º ano do ensino médio.

Portanto, essa pode ser uma maneira de obter um certificado profissionalizante, simultaneamente com o diploma de conclusão de ensino médio.

O curso técnico em análises clínicas permite que o aluno esteja apto para realizar os mais diversificados tipos de doenças através da emissão de pareceres que são fundamentados por exames laboratoriais.

Para isso, os alunos terão aulas de conteúdos da área de Química e Biologia, por exemplo. Esses diagnósticos são possíveis através de comparações dos padrões estabelecidos voltados à coleta de dados através dos exames laboratoriais.

Para gostar de estudar e trabalhar nessa área é preciso ter apreço pelas disciplinas da área das ciências exatas e naturais. Pois são elas que fundamentem e predominam nesse curso. Sendo assim, é fundamental ter afinidade com a grade curricular do curso técnico em análises clínicas.

A grade curricular do curso

Veja a seguir o rol das disciplinas que serão ensinadas durante o curso e saiba tudo sobre essa formação:

  • Anatomia e Fisiologia Humana;
  • Uroanálise e Líquidos Orgânicos;
  • Biologia Celular;
  • Instrumentação Laboratorial;
  • Coleta de Materiais Biológicos;
  • Ética e Perfil Profissional;
  • Hematologia;
  • Parasitologia;
  • Projetos Interdisciplinares;
  • Primeiros Socorros;
  • Biologia Molecular;
  • Princípios de Sorologia e Imunohematologia;
  • Bioquímica;
  • Microbiologia;
  • Comunicação e Noções de Informática;
  •  Bases de Anatomia Patológica.

Para complementar a formação profissional, também é exigido que o aluno faça um estágio obrigatório, isso faz com que se familiarize com a rotina profissional de forma prática.

Além do estágio, é necessário fazer atividades de práticas interdisciplinares, o que garante uma formação mais ampla.

O perfil para quem deseja ter essa formação

Quem procura ter destaque nessa área ou ter realização profissional, saiba que é preciso ter afinidade principalmente com a área das ciências, pois esse é o fundamento da profissão de técnico em análises clínicas.

Além da afinidade com a área, é preciso que o profissional seja uma pessoa atenta e goste de trabalhar com rotinas sistemáticas. Pois tudo o que envolve a profissão é esse tipo de procedimento.

Além disso, é preciso gostar de trabalhar tanto com o público, quanto em laboratórios ou clínicas, pois quem exerce essa profissão pode também trabalhar no atendimento ao público na parte que envolve coleta de material.

Portanto, um bom relacionamento social e interpessoal são necessários para tornar os dias mais agradáveis, porque esse profissional não trabalha sozinho, fazendo parte de uma equipe laboratorial.

Mercado de trabalho

A área de atuação para esse profissional pode ser bastante diversificada dentro do campo de análises clínicas. Além de atender seres humanos, o técnico em análises clínicas também pode trabalhar nas análises do campo veterinário.

Vale lembrar que esse é um mercado que também exige demanda, portanto, pode ser mais uma área de escolha se o profissional preferir trabalhar nesse ramo.

Ao se graduar, o aluno terá plena condições de trabalhar nas mais variadas áreas de análises, como:

  • Urinálise;
  • Parasitologia;
  • Bioquímica;
  • Hematologia;
  • Microbiologia;
  • Sorologia.

Como essa é uma formação de nível técnico, existem algumas restrições quanto a atuação profissional.

Sendo assim, o técnico em análises clínicas trabalha sob a supervisão de um bioquímico, biomédico ou biólogo. Desse modo, o campo de atuação profissional pode ser realizado nos seguintes locais:

  • Laboratórios;
  • Indústrias, tanto de cosmético, quanto de medicamentos;
  • Na produção de reagentes para laboratórios;
  • Em clínicas ou hospitais que necessitem um técnico em análises clínicas de plantão.

Habilidades técnicas

Saiba que não basta ter afinidade com a área ou concluir o curso técnico em análises clínicas para ser um bom profissional. Para isso, é importante que se desenvolva algumas capacidades ou habilidades que façam você um profissional diferenciado e qualificado.

Veja quais são:

  • Ético
  • Sistemático
  • Focado
  • Atualizado
  • Rápido
  • Proativo

Com essas capacidades técnicas afiadas será difícil alguém bater você no mercado de trabalho. Mas para isso, é preciso que você saiba praticar essas habilidades de forma que seja aplicadas em sua rotina de trabalho.

As vantagens de fazer um curso técnico em análises clínicas

Além do ingresso mais rápido no mercado de trabalho, fazer um curso técnico pode ser algo com um investimento baixo e um retorno rápido. Desse modo, você conseguirá recuperar o dinheiro investido logo cedo e de forma gradativa.

Além disso, um curso técnico pode fornecer uma excelente base teórica para uma graduação futura. Portanto, fará com que você entre mais maduro na faculdade e já acostumado com as exigências de estudo as quais os alunos são submetidos na graduação.

Não pense que é só durante a graduação que o curso técnico fará efeito. Para a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), você também aprenderá mais sobre os conteúdos que são cobrados, um exemplo muito claro disso pode ser sobre os conteúdos de Química.

Portanto, essa pode ser uma boa maneira de ir fazer a prova com um bom conhecimento prévio, o que fará você ter vantagens nessa hora.

Quanto ganha um técnico em análises clínicas

Sempre é importante ressaltar que a questão salarial para essa profissão é bastante relativa. Pode variar de acordo com o cargo ou empresa onde o profissional exerça o ofício.

Mas de acordo com o site da Catho, a média salarial para essa profissão é de R$1.407,14, portanto, um salário razoável para quem deseja ingressar rapidamente no mercado de trabalho.

Sem falar que esse salário pode variar de acordo com a especialização que o profissional pode desenvolver.

Conclusão

Agora que você sabe mais como é a profissão e o curso técnico em análises clínicas, certamente ficou mais fácil de escolher esse caminho. Para isso, é importante apenas um investimento inicial e o resto fica por conta da força de vontade e dedicação com a profissão e com o estudo.

Se você deseja saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou curiosidades, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.

  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *