Conseguir vagas para estágio é fundamental para dar o ponta pé inicial na carreira profissional. Afinal de contas, essa é a oportunidade de colocar em prática o que foi aprendido durante a formação. Para quem está fazendo um curso superior e ainda não está familiarizado com esse início de atividades no mercado de trabalho, é importante saber que existem duas modalidades de vagas para estágio: o obrigatório e o remunerado.

Ambos são essenciais para o início da carreira profissional, mas cada um deles funcionam de maneira diferente. Para quem vai fazer estágio remunerado é preciso ficar de olho nas ofertas que existem na sua universidade. Ou seja, tentar saber antecipadamente quais são as empresas que possuem convênio com a instituição.

Isso permite que você vá entendendo e conhecendo mais sobre o perfil de trabalho de cada empresa e assim poder saber se você tem afinidade ou não para ocupar futuras vagas para estágio. Instituições de ensino de qualidade, como Estácio e FMU, valorizam essa prática durante o curso.

Se você está enfrentando dificuldades e não conhece muito bem sobre a diferença dos estágios oferecidos para os cursos de graduação, esse texto será útil.

Leia também: Série profissões do futuro: inovação e tecnologia

Vagas para estágio: como conseguir

Geralmente, é comum cada instituição de ensino possuir empresas conveniadas para a oferta de vagas para estágio. É comum que seja publicado em editais ou até mesmo murais nas universidades alguma empresa que esteja a procura de estagiários. Isso é comum para aquelas que oferecem vagas remuneradas para estagiários.

Portanto, procurar essa maneira para ingressar no mercado de trabalho pode ser algo muito positivo para a carreira profissional. Além disso, ocupar uma vaga de estágio remunerado é também uma maneira de garantir uma renda e ter horários flexíveis para estudar. Essa pode ser uma ótima estratégia, caso você não tenha conseguido uma bolsa de estudos.

Desse modo, para conseguir uma vaga em alguma empresa, é fundamental ficar de olho nas ofertas que são divulgadas nos editais ou murais das instituições.

Vale lembrar também que sempre é válido dar uma olhada de vez em quando nos classificados ou até mesmo visitar empresas que trabalham dentro da sua área de formação, para ir garimpando alguma vaga. veja a seguir alguns passos

1- Veja ofertas de empresas conveniadas na sua instituição de ensino para vagas para estágio

Para saber mais sobre as vagas para estágio, uma boa dica é de visitar o colegiado da sua universidade. Pois, como dito anteriormente, é comum empresas terem acordo de convênio com as instituições de ensino. Muitas dessas vagas são fornecidas através de bolsas que podem ajudar a diminuir o valor das parcelas do curso, caso você seja estudante de uma rede privada.

Além disso, as instituições também costumam publicar editais de vagas para estágios para que os alunos possam trabalhar na própria instituição. Não deixe de atualizar sobre esses e sempre converse com um professor que você tenha afinidade.

Pode ser que ele tenha alguma informação importante para você e até mesmo poder indicar-lhe para uma vaga em potencial.

2- Utilize as redes sociais e garimpe vagas para estágio nos sites

Com a expansão da era digital, hoje em dias isso pode ser feito pela própria internet.  Portais como o da Catho, Vagas.com.br, Super Estágios e Nube podem ser grandes fontes e ferramentas para saber como estão as ofertas de estágios.

Portanto, não deixe de acessar esse portais para garimpar alguma informação.

3- Visite o CIEE (Centro de Integração Empresa Escola)

Caso você não saiba, existe um órgão responsável pela mediação das empresas com as instituições de ensino. Esse órgão existe em cada município e costumam publicar diversas ofertas de vagas para estágio.

Caso você esteja estudando em um curso de graduação, talvez seja uma boa estratégia visitar o portal do CIEE ou até mesmo ir pessoalmente no local da sua cidade e descobrir quais são as ofertas disponíveis para a sua área de formação.

Onde fazer um curso de graduação

Se você mora na região de São Paulo e tem interesse em estudar presencialmente. Saiba que é possível fazer um curso de graduação no Centro Universitário FMU. Nessa universidade, você contará com um corpo docente experiente no mercado de trabalho e que pode ajudar você a obter uma vaga em algum estágio remunerado.

Por outro lado, se você mora em qualquer outra região do país e tem o interesse me estudar na modalidade de ensino a distância. Saiba que isso é possível através da instituição Estácio. Pois os cursos dessa instituição são voltados para o mercado de trabalho, têm horários flexíveis e vagas exclusivas para estágios.

Vale ressaltar que em ambas as instituições você pode concorrer a uma vaga com a nota da última edição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Além disso, você pode concorrer a uma bolsa de estudos de até 100%, dependendo da nota que foi obtida no exame.

Essa pode ser uma boa vantagem para estudar sem arcar com as despesas da mensalidade.

A diferença do estágio obrigatório e o remunerado

Se você estiver fazendo um curso de licenciatura, saiba que em algum momento você terá uma disciplina de estágio. Essa modalidade é obrigatória e você não deve se preocupar, pois é responsabilidade da instituição conseguir a vaga para você.

Geralmente, o estágio obrigatório é ministrado em dois semestres e é orientado por um professor de estágio e supervisionado pelo professor da rede onde você fará a observação e a regência das aulas.

Portanto, essa é a maneira do aluno colocar em pratica o que aprendeu durante o curso e é um processo muito importante para a aprendizagem para quem deseja ir trabalhar em uma sala de aula.

Além disso, o estágio obrigatório não é remunerado e ele faz parte de uma disciplina específica. Portanto, faz para da grade curricular e caraga horária de uma curso que formará futuros professores. sendo assim, ele é um requisito básico para o aluno obter o diploma.

O estágio obrigatório é bastante rigoroso quanto a flexibilidade de horários e prazo de entrega dos trabalhos. Essa modalidade é protegida pela lei que protege tanto o estagiário, quanto as instituições, especificando claramente o que é permitido ser feito entre cada uma das partes.

Quanto ao estágio remunerado, a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) também especifica muito bem o papel do estagiário, da instituição e da empresa. Essa modalidade faz parte do estágio não-obrigatório, ou seja, que não faz parte da carga horária do curso e é critério do aluno ocupar uma vaga ou não.

Portanto, a empresa que contratar o aluno como estagiário deve cumprir as obrigações legais que estão estipuladas na Lei e o mesmo deve respeitar a legislação vigente no contrato para não perder a vaga.

A importância de fazer um estágio

As vagas para estágio são muito importantes para o processo de formação profissional do aluno. Desse modo ele aprende a se familiarizar com o ofício e estabelecer vínculo com a empresa a qual contratou.

Além disso, essa é uma forma de ganhar experiência para o mercado de trabalho, minimizando a possibilidade de perder uma vaga de emprego futuro por falta de prática. Portanto, o aluno acaba aprendendo de maneria prática a forma de atuar em sua profissão.

Conclusão

E aí? Descobriu tudo sobre as vagas de estágio? Embora o cenário econômico não seja um dos melhores e a coisa está realmente difícil, pois a taxa de desemprego ainda é alta. Saiba que é sempre importante manter o otimismo e não desistir de procurar vagas na sua área.

Afinal de contas, o mercado de trabalho é muito competitivo e é preciso ser insistente e não desanimar com as respostas negativas. Uma boa estratégia para você ir se preparando para esse cenário é de ir buscando qualificação e até mesmo entrar em projetos de pesquisa.

Se você gostou desse assunto e deseja saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou curiosidades, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui