Cadastre-se
Cadastre-se e receba dicas, descontos, notícias e informações sobre o mundo da educação!
vagas para professor universitário

Veja onde encontrar vagas para professor universitário

O mercado de trabalho no Brasil está extremamente concorrido e na área da educação não é diferente. Por conta da crise, há cada vez mais dificuldade de encontrar vagas para professor universitário. 

Se alguns anos atrás bastava ter graduação para dar aula em uma faculdade (principalmente nas particulares), atualmente o grau de exigência está bem maior. 

De modo geral, pode-se dizer que hoje o título mínimo para dar aula em uma universidade privada é o de especialização. Já para as faculdades públicas, espera-se que o candidato tenha, pelo menos, mestrado para vagas temporárias e doutorado para as fixas.

Além disso, a produção acadêmica, as experiências anteriores e a desenvoltura em sala de aula são outros requisitos exigidos para quem quer lecionar no ensino superior.

Bolsa ENEM
👉 Estão abertas as inscrições para o VESTIBULAR Estácio que está chegando com 70%* de desconto em todo curso.

Por outro lado, as vantagens desta carreira também são muitas. Os planos de carreira geralmente acompanham a titulação (ou seja, quanto mais você estudar, melhor vai receber) e você pode se manter constantemente atualizado.

Assim como consegue tirar férias duas vezes por ano e, se tiver a sorte de passar em um concurso, conquista a tão sonhada estabilidade do serviço público.

Então se você acredita que tem talento para a sala de aula, confira as dicas que separamos para quem está buscando vagas para professor universitário.

7 dicas para encontrar vagas para professor universitário

1 – Busque instituições com vagas abertas

Além dos sites tradicionais de emprego, como Catho e Indeed, vale ficar de olho nas páginas das próprias universidades. Muitas vezes elas fazem anúncios por esses canais. Liste aquelas que você tem interesse em trabalhar e acompanhe de perto a abertura de processos seletivos.

Tente também entrar em contato com as faculdades e pergunte se elas vão precisar de professores nos próximos meses. Se houver abertura, envie seu currículo, mesmo que seja apenas para o banco de talentos da instituição. Quando uma boa oportunidade aparecer, pode ser que lembrem de você!

Entre as maiores universidades privadas do Brasil estão: 

Bolsa ENEM

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de até 60% no curso todo na Estácio com a sua nota do ENEM dos últimos 5 anos? Confira aqui o valor da sua bolsa e economize na graduação! 🎓

Essas são apenas as faculdades que pertencem aos maiores grupos educacionais do país. Existem muitas outras universidades privadas espalhadas pelo Brasil e, muitas delas, procuram professores. Então fique atento e mantenha contato! 

2 – Fique de olho nos concursos públicos

Mesmo com a redução nos concursos públicos causada pela crise, ainda existem boas oportunidades nas universidades federais e estaduais. Então se inscreve em sites que anunciam novos concursos e acompanhe também os sites das universidades. 

Estude os editais anteriores e veja o que costuma cair nas provas. Também se prepare para as demais etapas, que podem envolver provas práticas (dar aula para a banca avaliadora), entrevistas ou memorial profissional. 

Além disso, muitas faculdades têm processos seletivos simplificados para contratar professores temporários (com contratos de até dois anos). Eles costumam exigir menos experiência e são boas opções para quem nunca deu aula antes.

3 – Acumule experiência

Ensinar na universidade exige didática, tato e experiência. Com isso, você pode estar se perguntando “mas como vou ter experiência se não encontro uma primeira chance?”. Então calma. Existem algumas formas de conseguir experiência em sala de aula, como estágios e voluntariado. 

Se puder, procure participar desse tipo de programa ainda durante a faculdade. Mas se você já passou por essa fase, não precisa se desesperar: ainda dá tempo, só vai ser um pouco mais complicado. 

Afinal, essas atividades exigem tempo e, muitas vezes, não são remuneradas. Porém são oportunidades muito úteis para sair na frente da concorrência e se destacar, mesmo sem ter trabalhado como professor universitário antes. 

Algumas universidades públicas abrem processos seletivos para professores voluntários, além de existirem cursos específicos para preparar professores para o ensino superior. Procure saber mais sobre essas opções e complemente a sua formação!

4 – Mantenha seu currículo atualizado

Quando o assunto são vagas para professor universitário, uma das coisas que vai ajudar você a encontrar emprego é manter seu currículo atualizado, principalmente o Lattes. 

Acesse aqui a plataforma e preencha já os campos que estiverem faltando. Entre as principais informações que o seu currículo Lattes deve ter, estão:

  • Nome completo;
  • Formação acadêmica (incluindo a instituição de ensino);
  • Idiomas;
  • Titulação;
  • Áreas de estudo;
  • Produção acadêmica (artigos publicados, trabalhos apresentados, capítulos de livros escritos, por exemplo);
  • Participação em eventos (congressos, seminários, encontros, etc);
  • Projetos de extensão;
  • Grupos de pesquisa;
  • Instituições nas quais já deu aula;
  • Cursos complementares;
  • O que mais for pertinente para a sua área de trabalho.

Lembre-se de detalhar o que for pertinente, mas não exagere. Aquela competição de redação que você ganhou na quarta série não é mais relevante para a sua vida acadêmica. Então mantenha a objetividade e o profissionalismo. Destaque suas principais áreas de estudo e suas experiências anteriores, tanto como pesquisador quanto como professor. 

5 – Monte o seu próprio curso EAD

Uma boa forma de ganhar experiência e ainda acumular uma graninha é montando o seu próprio curso online. 

Hoje em dia, a educação à distância está ganhando cada vez mais adeptos por conta da praticidade e valores em conta. Segundo o INEP, os estudantes na educação à distância já são mais de 20% de todos os matriculados no ensino superior. 

Claro que o seu curso não vai ser uma graduação ou especialização, pois esses precisam ser registrados no MEC, mas você pode começar por cursos mais específicos. 

Se você quer dar aulas sobre tecnologia e inovação, por que não criar um minicurso online para profissionais de negócios que querem se inserir nesse mercado, por exemplo?

Existe muita gente procurando cursos rápidos e específicos. Encontre o seu nicho e monte um curso em plataformas como EADBOX ou Hotmart. Elas dão assistência ao tutor do curso durante diversas etapas, desde a produção até a divulgação, e são boas formas de treinar sua didática e acumular para o currículo.

6 – Aprimore outras habilidades 

Um bom professor tem habilidades que vão além de ensinar. Por isso, se o seu objetivo é se tornar professor universitário, o ideal é complementar a sua formação participando de bancas de TCC, correção de trabalhos ou ajudando a preparar aulas.  

Afinal de contas, quem não teve aquele professor péssimo, que tinha zero didática, mesmo sabendo muito sobre o assunto? Ele provavelmente nunca se preocupou em aprimorar outras habilidades.

Só que o mercado de trabalho em educação está mudando e, cada vez mais, acumular experiências e aprendizados se torna essencial!

Falar inglês, por exemplo, é praticamente obrigatório em vagas para professor universitário e outros idiomas são altamente valorizados. Assim como pós-doutorado e outras especializações. 

7 – Mantenha uma rede de contatos 

No meio acadêmico, os contatos são fundamentais para garantir que as boas oportunidades vão chegar até você. Por isso, tente manter boas relações com seus colegas de pós-graduação e professores. 

Além disso, crie uma conta no LinkedIn e a mantenha sempre atualizada. Na rede social, você pode adicionar outros profissionais da área e saber sempre que eles anunciarem uma nova vaga.

Outra vantagem do LinkedIn é que você pode compartilhar suas experiências, textos e cursos. Todos os dias, há uma oportunidade de mostrar a sua expertise em determinada área e conquistar mais conexões valiosas, além de acompanhar as vagas para professor universitário disponíveis na rede.

Além disso, busque se juntar a grupos de pesquisa nas universidades da sua região. Se você não está mais na pós-graduação, não se preocupe! Muitos deles aceitam pessoas sem vínculo com a universidade e podem ser uma ótima chance de se manter em contato com outros acadêmicos. 

Seguir a carreira de professor universitário não é fácil, mas se você se interessa pela área, siga nossas dicas. Elas vão ajudar a realizar seu sonho com mais facilidade e ainda preparar você para outros desafios. Afinal, ensinar pode ser uma realização fantástica e você ainda contribui com a formação de futuros profissionais qualificados. 

Gostou de descobrir como encontrar vagas para professor universitário? Então veja também o nosso artigo com 5 dicas para diferenciar o seu currículo e fazer bonito nos processos seletivos!

Tags:
  • Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *