Bolsas de Estudo com a Nota do Enem: Perguntas Frequentes

Acesse o Vai de Bolsa e confira mais de 800 mil bolsas de estudo disponíveis, os descontos podem chegar a 100%* em cursos de graduação e pós-graduação, seja presencialmente ou na modalidade de ensino à distância – EAD. Para calcular o seu desconto, basta informar a sua nota geral e selecionar como deseja estudar.

Faça o teste e descubra em média quanto de bolsa a sua nota vale!

Não se preocupe! O Vai de Bolsa oferece outras cinco formas de ingresso que não exigem a nota do exame.

Inscreva-se gratuitamente! Em até 48 horas após a solicitação, você receberá mais informações das instituições parceiras. 

Através do nosso simulador gratuito de nota do Enem, você consegue saber quais são as suas chances em mais de 35 faculdades particulares. Faça o teste!

Ensino da Engenharia de Software nas faculdades: curso e mercado de trabalho

Engenharia de software

Você já deve ter percebido os impactos da transformação digital no seu dia a dia, certo? São sistemas, aplicativos, inteligência artificial, aprendizado de máquina, entre outras tantas tecnologias que vêm modificando a forma como vivemos, trabalhamos e nos comunicamos. 

É no ensino da Engenharia de Software nas faculdades que os profissionais do futuro são preparados para desenvolver e liderar as próximas ondas de inovação. 

E se você se interessa em aprender e trabalhar neste ramo, com certeza vai gostar do artigo que preparamos. Continue lendo para saber tudo sobre o curso e o mercado de trabalho! 

O que é Engenharia de Software?

Engenharia de Software é uma disciplina que se concentra na aplicação sistemática de princípios de engenharia e métodos científicos para o desenvolvimento, operação e manutenção de sistemas de software de alta qualidade

Em termos simples, podemos dizer que se trata da aplicação de abordagens de engenharia ao processo de desenvolvimento de sistemas, com o objetivo de criar produtos confiáveis, eficientes e que atendam às necessidades dos usuários.

A disciplina abrange diversas áreas, como:

  • Análise de requisitos
  • Design de software
  • Implementação
  • Testes
  • Manutenção
  • Gerenciamento de projetos

Mais do que criar códigos, aqui também entra em cena a concepção de arquiteturas de software, a definição de processos de desenvolvimento e a garantia da qualidade do produto final.

A Engenharia de Software também está ligada aos aspectos éticos, legais e sociais do desenvolvimento de software. Diante disso, os profissionais devem considerar questões como privacidade, segurança, acessibilidade e impacto ambiental ao projetar e desenvolver sistemas.

Como é o curso de Engenharia de Software nas faculdades?

O curso de Engenharia de Software proporciona aos estudantes uma imersão profunda no mundo do desenvolvimento de sistemas de software de alta qualidade. 

Com duração média de quatro a cinco anos, o curso abrange disciplinas teóricas e práticas essenciais para formar profissionais capacitados.

Ao longo do programa, os alunos são apresentados a um currículo diverso, que abrange desde fundamentos sólidos de programação e algoritmos até aspectos mais avançados, como inteligência artificial e aprendizado de máquina

Uma característica marcante em muitas faculdades é a ênfase em projetos práticos em equipe, que oportuniza aos alunos o desenvolvimento de  softwares reais e o conhecimento sobre desafios comuns do ambiente profissional. 

Ao concluir o curso, os graduados estão preparados para ingressar no mercado de trabalho como desenvolvedores de software, engenheiros de qualidade, analistas de sistemas e gerentes de projetos de software. 

Leia também: Curso de Engenharia de Petróleo: tudo o que você precisa saber

O que Engenharia de Software estuda?

O currículo do curso de graduação pode variar conforme a instituição, mas, em geral, abrange os tópicos a seguir:

  • Fundamentos de programação: conceitos básicos de programação e algoritmos, utilizando linguagens de programação como Python, Java, C++ ou outras.
  • Matemática e lógica computacional: conceitos matemáticos fundamentais, como álgebra, cálculo e lógica proposicional, que são essenciais para a compreensão de algoritmos e estruturas de dados.
  • Estruturas de dados e algoritmos: diferentes estruturas de dados e algoritmos utilizados para resolver problemas computacionais, com foco em eficiência, complexidade e otimização.
  • Engenharia de Software: princípios e práticas da área, como processos de desenvolvimento de software, metodologias ágeis, modelagem de software, gerenciamento de projetos e garantia de qualidade de software.
  • Desenvolvimento de software: os estudantes aprendem a projetar, desenvolver, testar e implantar software utilizando diversas tecnologias e ferramentas, incluindo frameworks, ambientes de desenvolvimento integrado (IDEs) e sistemas de controle de versão.
  • Interação Humano-Computador (IHC): foca na concepção de interfaces de usuário eficientes e intuitivas, considerando aspectos de usabilidade, acessibilidade e experiência do usuário.
  • Banco de dados: conceitos de modelagem de dados, linguagens de consulta (SQL), sistemas de gerenciamento de banco de dados (SGBDs) e aplicações de banco de dados em software.
  • Segurança de software: princípios e práticas de segurança cibernética, como criptografia, autenticação, autorização, detecção de intrusões e prevenção de vulnerabilidades.

Quem faz Engenharia de Software nas faculdades também participa de projetos práticos, estágios e trabalhos de conclusão de curso, nos quais é possível aplicar os conhecimentos adquiridos em situações do mundo real.

Em muitas instituições, existe também uma ênfase crescente em habilidades interpessoais, como comunicação eficaz, trabalho em equipe e liderança, reconhecendo a importância dessas skills no ambiente de trabalho.

Quais as modalidades de ensino disponíveis para Engenharia de Software?

Existem duas principais modalidades de ensino disponíveis para Engenharia de Software nas faculdades: presencial e a distância.

No modelo presencial, os alunos frequentam aulas em uma instituição física e participam de atividades em sala de aula, laboratórios e projetos práticos em equipe. Esse formato oferece interação direta com professores e colegas, possibilitando discussões em tempo real, colaboração em projetos e acesso a recursos físicos.

Na modalidade a distância, são utilizados recursos virtuais para o ensino remoto. Os alunos têm acesso a materiais de estudo online, como vídeos, textos e exercícios interativos, e participam de atividades assíncronas, podendo acessar o conteúdo a qualquer momento e de qualquer lugar com conexão à internet.

A grade curricular do curso a distância é estruturada para formar profissionais capazes de atuar em diversas áreas do mercado de TI, abrangendo os mesmos princípios e conceitos ensinados na modalidade presencial. 

Ambas as modalidades têm vantagens e desafios, e a escolha entre uma ou outra depende das necessidades e preferências individuais de cada estudante. 

Enquanto o ensino presencial oferece uma experiência mais tradicional e interativa, o ensino a distância proporciona flexibilidade e conveniência para que os alunos possam conciliar os estudos com outras responsabilidades pessoais e profissionais.

Leia também: Ciência da computação: Descubra tudo sobre o curso e confira as bolsas de estudos!

Quanto custa uma faculdade de engenharia de software?

O custo do curso de Engenharia de Software nas faculdades pode variar bastante, e depende da instituição de ensino, sua localização e se oferece programas de bolsas ou financiamento estudantil. 

Mas, em média, os valores mensais podem oscilar entre R$375,18 e R$585,13.

Como estudar Engenharia de Software com bolsa de estudos? 

A oportunidade de estudar Engenharia de Software nas faculdades privadas com bolsa de estudos é uma realidade mais próxima do que você pensa! 

As bolsas proporcionam descontos consideráveis, cobrindo até 100% do valor das mensalidades. 

Uma plataforma confiável e segura que facilita essa jornada é o Vai de Bolsa, que tem mais de 35 universidades parceiras prontas para receber novos talentos.

Como encontrar bolsas de estudos: passo a passo

Para descobrir as oportunidades de bolsas de estudos do Vai de Bolsa, o processo é simples:

  1. Acesse o site oficial do Vai de Bolsa.
  2. Preencha o formulário com a cidade e o curso desejados.
  3. Clique em “Buscar curso”.

Dessa forma, você terá acesso a uma lista de alternativas de bolsas de estudos, incluindo o percentual de desconto oferecido e as universidades que oferecem o curso desejado na cidade escolhida.

Ofertas para o curso de Engenharia de Software nas faculdades

Você sabia que pode conseguir uma bolsa de estudos para o curso de Engenharia de Software na Unopar, Ampli, Pitágoras e Anhanguera, com descontos de até 84% e mensalidades a partir de R$ 99/mês? Confira as ofertas: 

Clique aqui e veja todas as ofertas disponíveis para Engenharia de Software!

Conheça as formas de ingresso do Vai de Bolsa

Veja agora quais são as possibilidades de conseguir a sua bolsa de estudos: 

  • Processo simplificado: a avaliação é realizada com base em uma redação sobre um tema designado pela instituição de ensino. 
  • Vestibular digital: alternativa conveniente, ágil e online para medir o conhecimento dos candidatos.
  • Transferência: processo que permite o aproveitamento de disciplinas previamente cursadas em outra instituição para dar continuidade aos estudos. 
  • Segunda Graduação: para aqueles que já são formados e desejam fazer um segundo curso, com aproveitamento de disciplinas.
  • Certificado do Ensino Médio: possibilidade de começar a graduação sem a necessidade de enfrentar provas. 

Seja qual for a sua situação, o Vai de Bolsa está comprometido em oferecer oportunidades igualitárias e inclusivas para todos!

Mercado de trabalho para o Engenheiro de Software

Agora que você já conhece tudo sobre o curso de Engenharia de Software nas faculdades, é hora de conferir como está o mercado de trabalho para os profissionais que se formam na graduação. E as perspectivas são excelentes!

Mesmo em meio a cenários econômicos desafiadores em outros setores, a indústria de tecnologia tem experimentado um grande crescimento, impulsionado pela migração dos negócios para o ambiente digital. 

No Brasil, por exemplo, um estudo da IDC Brasil aponta que o setor de software gerou uma receita significativa de R$ 44 bilhões de reais apenas no primeiro ano de pandemia, um aumento de 32,5% em relação ao ano anterior.

A demanda por tecnologias cada vez mais avançadas é a principal responsável pelo aquecimento do mercado de Engenharia de Software, especialmente com a popularização do trabalho remoto.

O setor de Tecnologia da Informação (TI) está em constante expansão e demanda profissionais qualificados em ritmo crescente. Estima-se que, em 2024, o setor tenha cerca de 400 mil vagas em aberto devido à falta de mão de obra qualificada, conforme uma previsão feita pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom).

Essa crescente necessidade abre mais empregos ao mesmo tempo em que amplia as possibilidades de atuação em empresas de diversos portes, desde startups até grandes corporações. 

Portanto, investir na carreira é uma escolha promissora para o seu futuro, concorda? 

Faça seu pedido de bolsa!
Em quantas faculdades quiser, de uma só vez.

Negocie o seu desconto diretamente com as faculdades!

Confira os posts mais acessados do nosso Blog

Se você está procurando por conteúdo valioso e altamente acessado, não deixe de conferir esta seção.