Bolsas de Estudo com a Nota do Enem: Perguntas Frequentes

Acesse o Vai de Bolsa e confira mais de 800 mil bolsas de estudo disponíveis, os descontos podem chegar a 100%* em cursos de graduação e pós-graduação, seja presencialmente ou na modalidade de ensino à distância – EAD. Para calcular o seu desconto, basta informar a sua nota geral e selecionar como deseja estudar.

Faça o teste e descubra em média quanto de bolsa a sua nota vale!

Não se preocupe! O Vai de Bolsa oferece outras cinco formas de ingresso que não exigem a nota do exame.

Inscreva-se gratuitamente! Em até 48 horas após a solicitação, você receberá mais informações das instituições parceiras. 

Através do nosso simulador gratuito de nota do Enem, você consegue saber quais são as suas chances em mais de 35 faculdades particulares. Faça o teste!

Despachante aduaneiro: saiba mais sobre esta profissão

Você tem interesse em trabalhar com importação e exportação em empresas? Saiba que existe uma profissão certeira para isso: é a de despachante aduaneiro. Além de uma profissão importante para o comércio, esse é um mercado com alta demanda de profissionais, o que faz com que esse campo de atuação esteja aquecido. Neste post, nós vamos detalhar como é essa profissão e o mercado de trabalho. Além disso, o que fazer para se tornar um despachante aduaneiro.

Em resumo, o profissional que atua na área trabalha em constante relação com o comércio exteriorÉ responsável pelo despacho de bens, mercadorias ou bagagens por qualquer via, tanto de importação, quanto de exportação.

Confira a seguir como ser um despachante aduaneiro, qual a formação necessária e a sua importância no comércio nacional e internacional.

Como se tornar um despachante aduaneiro

O primeiro passo a ser dado para se tornar um despachante aduaneiro é ingressar em um curso de formação específico para essa profissão. A capacitação vai credenciar você a atuar no ramo de importação e exportação. Estamos falando do curso de Despachos Aduaneiros.

O curso tem uma duração média de, no mínimo, 40 horas. É importante ressaltar que a carga horária vai variar muito de acordo com a instituição. Além disso, é possível encontrar cursos de ensino online. Desse modo, as aulas são ministradas a distância e fornecem suporte para aprender sobre os processos e ofícios dessa profissão. 

Além disso, esse curso também pode ser encontrado na modalidade presencial de ensino, o que garante uma carga horária maior. Nesse caso, 360 horas ou seis meses de formação. Assim, haverá um aprofundamento nos conteúdos programáticos do curso. Além de ofertas e estágios ou programas como trainee, que podem garantir o rápido ingresso nesse mercado de trabalho através de empresas conveniadas do curso.

Vale lembrar que o curso de Despachante Aduaneiro oferece o certificado técnico de conclusão e não necessita de pré-requisitos para estudar. Basta pagar as mensalidades referentes ao curso, gostar de matemática ou se matricular em uma plataforma de ensino digital.

Registro junto à Receita Federal

Após concluir o curso, é necessário efetuar o registro junto à Receita Federal. O órgão institui um cadastro informatizado de despachantes aduaneiros ou ajudantes de despachantes aduaneiros. Para isso, é necessário realizar um exame teórico.

Consiste em uma prova objetiva, com questões específicas da área de despachos aduaneiros e obter uma nota igual ou maior a 80% de acerto. Saiba mais sobre esse cadastro e como funciona o exame teórico no próprio site da Receita Federal.

Como funciona o curso de Despachante Aduaneiro  

Para se formar e entender bem como funciona a função de despachante aduaneiro será preciso estudar diversas disciplinas que fornecem embasamento sobre leis, impostos e taxas. Além de conhecimentos sobre o funcionamento do comércio exterior, como já falamos anteriormente.

As disciplinas do curso

Veja a seguir algumas das disciplinas que são ensinadas no curso de Despachante Aduaneiro e que fazem parte do conteúdo programático:

  • Política de comércio exterior;
  • Estrutura do comércio exterior brasileiro;
  • Funções do despachante aduaneiro;
  • Histórico e Legislação;
  • Imposto de importação;
  • Imposto sobre produto industrializado;
  • Importação e COFINS;
  • Recintos alfandegados e regimes aduaneiros especiais;
  • Despacho de importação;
  • Sistema administrativo de importação;
  • Fluxo do despacho e importação no SISCOMEX;
  • Desembaraço Aduaneiro;
  • DARF.

Vale lembrar que a grade curricular pode variar de acordo com a instituição. Pois essa é uma área bastante específica e também pode contar como um especialização para quem deseja enriquecer o currículo.

O que faz um despachante aduaneiro

Com o certificado de conclusão de curso em mãos e com o registro devidamente cadastrado na Receita Federal, agora é hora de saber qual é a atividade desse profissional.

Pois bem, o despachante aduaneiro é responsável pelo despacho de bens, mercadorias ou bagagens por qualquer via, tanto de importação, quanto de exportação. Sendo assim, ele é o principal intermediador entre seu representante e os órgãos fiscais das zonas aduaneiras.

O trabalho de um despachante aduaneiro é fundamental para que uma empresa ou indivíduo que necessite fazer um volume grande de importação ou exportação não façam essas operações de modo ilegal. 

Portanto, o trabalho desse profissional consiste na conferência e preparo de documentos que servem de base para o despacho aduaneiro. Além do registro no Siscomex (Sistema Integrado de Comércio Exterior) e verificação de enquadramento tarifário.

Esse procedimento é feito mediante ao pagamento dos tributos referentes a importação ou exportação de cada mercadoria. Em consequência disso, o despachante deve conhecer muito bem sobre impostos, leis e taxas que são a matriz do seu trabalho. Caso contrário, um erro pode acarretar em uma despesa onerosa a quem o contratou.

Além disso, esse profissional trabalha junto com vários órgãos do governo, empresas de logística, bancos e portos. A importância desse trabalho é enorme para o funcionamento do comércio de importação ou exportação. Qualquer transação desse tipo está submetida ao despacho aduaneiro. E é preciso de um agente despachante para fazer essa intermediação, para que nenhuma transação seja feita na ilegalidade.

Como é o mercado de trabalho

O mercado de trabalho pode ser um grande diferencial para alguém seguir nessa carreira. Além de bastante demanda, existem também várias operações e opções diferentes de carreira. Sendo assim, quem faz o curso de Despachante Aduaneiro pode exercer atividades nos seguintes segmentos:

  • Consultor autônomo de despacho aduaneiro;
  • Empresas Privadas de Importação ou Exportação
  • Órgãos Públicos;
  • Empresas de Logística;
  • Bancos;
  • Portos.

Além das possíveis áreas de atuação como despachante aduaneiro, também existem outras variações dessa profissão. Confira algumas delas:

  • Ajudante de despachante aduaneiro;
  • Analista de comércio exterior;
  • Analista de desembaraço Aduaneiro;
  • Assistente de comércio exterior;
  • Assistente de desembaraço aduaneiro;
  • Auxiliar de comércio exterior.

Portanto, como é possível observar, as possibilidades de atuação para quem deseja seguir essa carreira são bastante amplas. O que garante que o mercado de trabalho não seja tão saturado e a demanda por um profissional dessa área seja relativamente boa.

O que fazer se a formação de despachante aduaneiro não for suficiente?

Se por acaso, ao se formar, você sentiu que o curso não foi suficiente para um currículo mais robusto, não se preocupe. Uma graduação pode permitir que você vá além nos estudos acadêmicos. Portanto, se você teve afinidade com essa área e deseja fazer uma graduação, saiba que o curso de Comércio Exterior, Economia ou Ciências Políticas são indicados para aprimorar a sua formação. 

Embora não se exija curso superior para se trabalhar como despachante aduaneiro, o curso superior pode trazer vantagens na hora de uma contratação. Sendo assim, se você desejar ir além na carreira, essa graduação lhe trará os furtos que você procura. Para isso, basta prestar o vestibular para alguma instituição do seu interesse.

O salário de um despachante aduaneiro

Sempre é importante ressaltar que a questão salarial pode ser bastante relativa, pois varia de acordo com função ou cargo exercido. Mas de acordo com o site da Catho, a média salarial de quem exerce esse trabalho é de R$ 1.687.

Lembrando novamente, que esse valor pode variar de acordo com o que se faz ou grau de experiência. Para garantir um salário mais alto, sempre é importante procurar uma especialização e se atualizar na carreira. Isso é o que torna o seu currículo mais robusto e você mais atraente para o mercado de trabalho.

Conclusão

Agora que você sabe como se tornar um despachante aduaneiro e tem mais informações sobre as atividades e responsabilidades desse profissional, certamente pode perceber que esse é um caminho profissional interessante para seguir.

Se você gostou desse assunto e deseja saber mais sobre educação, mercado de trabalho ou curiosidades, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.

Faça seu pedido de bolsa!
Em quantas faculdades quiser, de uma só vez.

Negocie o seu desconto diretamente com as faculdades!

Confira os posts mais acessados do nosso Blog

Se você está procurando por conteúdo valioso e altamente acessado, não deixe de conferir esta seção.