Bolsas de Estudo com a Nota do Enem: Perguntas Frequentes

Acesse o Vai de Bolsa e confira mais de 800 mil bolsas de estudo disponíveis, os descontos podem chegar a 100%* em cursos de graduação e pós-graduação, seja presencialmente ou na modalidade de ensino à distância – EAD. Para calcular o seu desconto, basta informar a sua nota geral e selecionar como deseja estudar.

Faça o teste e descubra em média quanto de bolsa a sua nota vale!

Não se preocupe! O Vai de Bolsa oferece outras cinco formas de ingresso que não exigem a nota do exame.

Inscreva-se gratuitamente! Em até 48 horas após a solicitação, você receberá mais informações das instituições parceiras. 

Através do nosso simulador gratuito de nota do Enem, você consegue saber quais são as suas chances em mais de 35 faculdades particulares. Faça o teste!

5 opções de bolsas de estudo fora do país

Você é estudante e tem vontade de expandir os horizontes viajando pelo mundo, mas não sabe como? Buscar bolsas de estudo fora do país pode ser um caminho para ajudar você a expandir seus conhecimentos fora do país.

Saiba que algumas universidades estrangeiras oferecem bolsas para alunos de graduação ou pós-graduação em parceria com algumas fundações ou instituições do Brasil. Para isso, três coisas são fundamentais: planejamento, ter vontade de seguir seus sonhos e um bom currículo escolar.

Se você está buscando bolsas de estudo no exterior esse texto será útil. A seguir você verá quais instituições oferecem incentivo para estudar fora e quais requisitos são necessários.

5 instituições que oferecem bolsas de estudo fora do país

Veja a seguir algumas opções de bolsas de estudo para estudar no exterior:

1- Santander

O Santander costuma abrir periodicamente vagas de bolsas de estudo no exterior com duração de um semestre para quem quer fazer graduação ou pós-graduação. O programa de bolsas do Santander oferece um valor equivalente a 3 mil euros e abarca os países da Ibero-América que a instituição está presente, como:  Argentina, Colômbia, Chile, Espanha, Peru, Porto Rico, Portugal, México e Uruguai.

Para isso, você deve se certificar que a sua universidade seja parceira do programa de bolsas deles e o edital de vagas deve estar aberto. Para fazer a inscrição basta fazer pelo aplicativo Santander universitário.

2- Fundação Estudar

Essa fundação tem um programa chamado Líderes Estudar, que oferece bolsas de estudo fora do país para estudantes com desempenho excelente entre 16 e 34 anos.

Para se inscrever, o aluno deve pagar uma taxa de R$ 75,00. E logo após deve passar pelas etapas de seleção, seis ao todo, a primeira é o teste do perfil e de raciocínio lógico e as duas últimas presenciais. O valor financiado varia de 5% a 95% dos custos definido a partir do perfil acadêmico do estudante e em relação ao valor solicitado pelo candidato.

3- Fullbright

Essa instituição oferece bolsas em diversas universidades dos Estados Unidos e está com edital aberto para doutorado na modalidade sanduíche ou plena. É exigido que o candidato seja fluente na língua inglesa. Os valores oferecidos são variáveis, vão depender do curso e da modalidade escolhida. É importante conhecer todos os custos antes de tentar uma das bolsas de estudo fora do país.

4- Fundação Lemann

A Fundação Lemann oferece apoio para quem quer estudar nos Estados Unidos nas mais diversas áreas do conhecimento dentre as instituições parceiras da fundação. Para isso, você deve ser fluente na língua inglesa, conferir as datas dos editais e os valores oferecidos são analisados caso a caso.

5- Chevening

Essa bolsa é oferecida pelo governo do Reino Unido e serve para quem quer cursar um ano de mestrado em qualquer universidade do país. Para isso, o candidato deve comprovar a proficiência no inglês através de testes, por exemplo o IELTS, passar pela sabatina de entrevistas e ainda enviar o diploma com os certificados.

Como conseguir bolsas de estudo no exterior?

Estudar no exterior pode ser uma função complicada. Nesse sentido, a maior dificuldade é em encontrar uma instituição que ofereça bolsa e ainda no país que você deseja. Além dessas dificuldades, é necessário que você tenha um bom currículo escolar ou acadêmico, proficiência em uma segunda língua e os documentos em ordem. Organizar isso demanda tempo e é um processo trabalhoso.

Antes de pesquisar instituições que ofereçam essa possibilidade, é importante você ter em mente em qual país quer estudar. Dessa forma, você deve ter facilidade com o idioma e ter muito claro em mente se vai conseguir vencer o desafio de estar inserido em outra cultura. Vale lembrar que estudar é um investimento que demanda trabalho e dedicação. Portanto, você colherá bons frutos logo adiante, ou seja, seu esforço será recompensado.

Para que fique mais claro, é importante que você defina algumas coisas antes de ir estudar no exterior. Portanto, não basta somente ter a ideia de estudar fora, você precisa tornar isso tangível. Veja algumas dicas do que deve estar claro para estudar no exterior:

Tenha em mente um projeto

Primeiramente, decida o que você pretende fazer no exterior. Isso é fundamental para que você atinja a meta e torne palpável o seu desejo. Portanto, é importante que as opções sejam concretas. Dessa forma, você conseguirá se organizar e terá mais recursos na hora de angariar uma bolsa de estudo. Veja quais objetivos você deve ter em mente:

  • Intercâmbio
  • Graduação no exterior
  • Pós-graduação no exterior
  • Algum curso de curta duração

Para todas essas modalidades é possível conseguir uma bolsa, basta você ter definido qual é o seu projeto de estudo. Para isso, você deve conversar com seus orientadores ou professores. Certamente eles vão saber apontar uma direção para que você consiga se dar bem fora do país.

Autoconhecimento

Agora que você já tem o projeto em mente, é importante fazer uma autoavaliação para identificar qual é o seu perfil acadêmico. Dessa forma, você poderá avaliar o seu currículo escolar e saber se não está indo além do seu alcance. Ao identificar o seu perfil acadêmico, você terá ideia de qual instituição fora do país poderá ser mais adequada.

Escolha o idioma que você quer estudar

Esse é um outro ponto de suma importância. Você deve ser fluente em uma segunda língua, no caso a do país que você pretende estudar. Caso contrário, você terá inúmeras dificuldades em ter autonomia. Nesse sentido, você terá um esforço hercúleo para lidar com as adversidades causadas pela carência no idioma. Além de precisar fazer testes de proficiência muitas vezes.

Pesquise sobre bolsas de estudos no exterior

Esse é um ponto importante, que você deve procurar após ter levado em conta os itens acima. Dessa maneira, é importante filtrar se as possibilidades são viáveis ou não. É importante, por exemplo, você se informar na instituição de ensino que você frequenta sobre quais sãos os países e as universidades parceiras do programa de bolsas que podem ser ofertadas. Assim você conseguirá extrair muitas informações importantes na hora de decidir o seu caminho.

Pesquise sobre as cidades e instituições que você deseja estudar

Esse é um grande passo e também tem uma enorme relevância. Ao decidir a cidade do país que você deve estudar, também é necessário pesquisar a instituição que você está pleiteando a bolsa. Isso evita que você se desaponte no decorrer do curso. Dessa forma, você terá uma ideia geral de como é a instituição ou o curso.

Candidate-se

Agora que você tem em mente todos os passos necessários para pleitear uma bolsa de estudo no exterior, você precisa escolher uma e se candidatar. Portanto, começa aqui a busca de seu desafio de estudar no exterior, o restante é vencer as etapas seletivas.

Organize seus documentos

Após ser aprovado em um processo de seleção para uma das bolsas de estudo fora do país, é preciso que você confira seus documentos, como: passaporte, RG atualizado, CPF, visto estudantil, passagens, etc. Portanto, certifique-se dos documentos necessários para não perder a oportunidade por causa de uma bobagem.

De malas prontas?

Agora que você sabe mais sobre as opções de bolsas de estudo fora do país, sem dúvidas ficou mais fácil de decidir sobre seu futuro. É importante lembrar que para realizar um projeto, é preciso ter foco e desenhar as possíveis etapas que deverão ser vencidas.

Estudar no exterior não é algo tão simples, você precisará planejar, filtrar e avaliar quais são as suas chances e em quais perfis você se encaixa. Para isso, é importante que você converse com aqueles que já passaram por isso. Desse modo, uma voz mais experiente sempre pode ajudar a decidir qual o melhor caminho e a melhor forma de percorrer esse caminho.

Se você gostou de saber mais sobre  bolsas de estudo fora do país assunto e tem interesse em ler mais sobre as áreas relacionadas à educação, carreira profissional e outras curiosidades sobre esses temas, não deixe de acessar o blog Vai de Bolsa.

Faça seu pedido de bolsa!
Em quantas faculdades quiser, de uma só vez.

Negocie o seu desconto diretamente com as faculdades!

Confira os posts mais acessados do nosso Blog

Se você está procurando por conteúdo valioso e altamente acessado, não deixe de conferir esta seção.