Bolsas de Estudo com a Nota do Enem: Perguntas Frequentes

Acesse o Vai de Bolsa e confira mais de 800 mil bolsas de estudo disponíveis, os descontos podem chegar a 100%* em cursos de graduação e pós-graduação, seja presencialmente ou na modalidade de ensino à distância – EAD. Para calcular o seu desconto, basta informar a sua nota geral e selecionar como deseja estudar.

Faça o teste e descubra em média quanto de bolsa a sua nota vale!

Não se preocupe! O Vai de Bolsa oferece outras cinco formas de ingresso que não exigem a nota do exame.

Inscreva-se gratuitamente! Em até 48 horas após a solicitação, você receberá mais informações das instituições parceiras. 

Através do nosso simulador gratuito de nota do Enem, você consegue saber quais são as suas chances em mais de 35 faculdades particulares. Faça o teste!

Como fazer uma revisão de estudos eficiente

Há muitos métodos para organizar os estudos, mas na hora da revisão você fica completamente perdido? Então saiba que além das rotinas de estudo que você pode implementar, existem métodos muito eficientes que podem te ajudar na revisão dos seus estudos. Na verdade, a revisão é uma das partes mais importantes para você fixar o conteúdo que estudou. Por isso é fundamental você não pecar nessa hora.

Já falamos, por exemplo, em como fazer uma boa revisão para o Enem. Mas uma revisão eficiente pode ser aplicada em qualquer momento da sua vida acadêmica.

Neste post, vamos abordar dois métodos de revisão de estudos. Assim, escolha o que mais se encaixa para você.

A curva do Esquecimento na revisão

O conceito da curva do esquecimento foi criado pelo psicólogo alemão Hermann Ebbinghaus, no final do século XIX. A teoria diz que estamos em constante esquecimento do que aprendemos, durante toda a vida. O estudioso mostra esse fenômeno por meio de uma curva.

Segundo o estudioso, nosso cérebro sofre uma queda acentuada de esquecimento apenas algumas horas depois de termos aprendido algo novo. Depois disso, segue em decadência, menos acentuada, por cerca de 30 dias.

Pensando nisso, existem técnicas que ajudam a fixar melhor e guardar a informação por mais tempo, como por exemplo a técnica 24hm 7d, 30.

Método de revisão de estudos 24hm 7d, 30

1ª revisão

A revisão imediata, ou revisão de fixação de conteúdo deve acontecer logo após um bloco de estudos. Se desejar, utilize a técnica Pomodoro, e faça blocos de estudos, com pequenos intervalos, e utilize os intervalos para revisar a matéria. A revisão deve ser rápida, e não deve tomar mais do que 5 ou 10 minutos do seu tempo.

Na revisão, releia suas anotações, os termos grifados, as palavras-chave, ou seu mapa mental e fichas de estudo. Com essa revisão, você garante que o conteúdo ficará fixo por mais tempo, pois ela ajuda a aumentar a porcentagem de fixação de conteúdo e faz com que o processo de esquecimento demore mais para se iniciar;

24 horas depois

Mesmo fazendo a primeira revisão, e retardando um pouco o processo de esquecimento, ele irá acontecer. Então, você deve continuar revisando o conteúdo, para que ele fique cada vez mais fixado. A segunda revisão deve ocorrer 24 horas após os estudos e não deve levar mais de 10 minutos.

Faça a revisão do conteúdo antes de iniciar os estudos programados para o dia. Lembre-se, essas duas revisões são muito importantes, pois acontecem no momento em que a curva de esquecimento é mais acentuada;

7 dias depois

Segundo a curva de esquecimento de Ebbinghaus, se você não revisar o conteúdo adquirido, vai ter uma fixação de 10 a 20% do conteúdo, ao final de uma semana.

Para manter o conteúdo sempre fresquinho na memória, e garantir a absorção de 90 a 95%, você deve realizar todas as revisões aqui mencionadas. A revisão de 7 dias pode ser bem rápida, não devendo levar mais do que 5 minutos;

30 dias depois

Esta revisão é a revisão de manutenção e ela deve ser feita de 30 em 30 dias, para fazer uma manutenção no conteúdo fixado. Ela também deve ser uma revisão rápida, de 5 minutos.

Pronto, com essas revisões dos seus estudos, você garante que o conteúdo ficará fixado por mais tempo.

Método de revisão de estudos 4.2

Muitas pessoas acabam se perdendo com o método de revisão de estudos 24hm 7d, 30, e acabam deixando os métodos de revisão de lado. Porém, existem alguns métodos mais simples, e também muito eficientes, que podem te ajudar na revisão de seus estudos.

Um dos métodos de revisão mais simples, é o 4.2, criado pelo professor Rafael Barbosa. O método consiste em 4 dias de estudos para 2 dias de revisão. Sendo assim, um bom exemplo seria:

  • De segunda a quinta os estudos acontecem normalmente, sem nenhuma revisão;
  • Na sexta o estudante revisa os conteúdos estudados na segunda e na terça;
  • No sábado a revisão será dos conteúdos de quarta e quinta.

Dessa forma, você separa um tempo dos seus estudos, para focar apenas em revisões. Se você é um estudante avançado, que já está familiarizado com as revisões, pode optar pela variação 5.1, onde você estuda por 5 dias, e separa apenas 1 dia da semana para revisar todo o conteúdo.

Dicas para melhorar sua revisão

Agora que você já conhece as técnicas para revisar o conteúdo estudado, aprenda dicas para melhorar ainda mais sua revisão de estudos.

Capriche nas anotações

A revisão de estudos não é a hora adequada para aprender um conteúdo novo. Ela serve para refrescar e fazer com que o conteúdo seja fixado de maneira mais rápida em sua mente. Sendo assim, é preciso que você use tudo o que aprendeu durante seus estudos e faça uma revisão rápida. Uma das formas de revisar o conteúdo e retomando as suas anotações, com os pontos principais.

Então, é importante que você faça as anotações corretas, para ter um melhor aproveitamento. Além das anotações, você pode utilizar fichamentos, mapas mentais ou cards.

Lembre-se que, ao ler um livro, ou estudar sobre um assunto, você deve anotar as:

  • Fórmulas;
  • Definições;
  • Listas.

Atente-se também para as primeiras palavras de uma frase, e aos textos em negrito. Isso porque, normalmente essas partes do texto apresentam informações importantes.

Tente se lembrar antes de revisar um conteúdo

Outra técnica bastante utilizada, é a da lembrança por associação. Ela consiste em tentar lembrar de todo o conteúdo, e escrevê-lo em uma folha de papel, antes de revisar suas anotações.

Este tipo de exercício faz com que o cérebro pratique o processo de recuperação de memória, que é um fator muito importante para os estudantes utilizarem na hora da prova. Dessa forma, seu cérebro estará treinado.

Revisões de estudos são sempre curtas

Lembre-se que as revisões de conteúdo são sempre curtas, então, não gaste muito tempo com elas. Em média, você deve gastar de 15 a 20% do tempo estudado, para realizar a revisão. Ou seja, se você estudou por 1 hora, deverá realizar a revisão do conteúdo entre 9 e 12 minutos.

Para utilizar melhor o tempo da revisão, utilize suas anotações, resumos, fichamentos ou mapas mentais.

Defina como fará a escolha de suas revisões de estudo

Você pode escolher fazer sua revisão de estudos por ordem de dificuldade, edital ou por sorteio. Escolha a que mais se encaixa com seu cronograma de estudos, e caso sinta que não está sendo eficiente, teste uma nova forma:

  • Ordem de dificuldade: Esta forma de revisão consiste em revisar primeiramente os conteúdos que você tem maior dificuldade, deixando os conteúdos mais “fáceis” por último. Mas lembre-se, todo o conteúdo deve ser revisado, mesmo aqueles em que você possui um grande domínio. Sobrou tempo para revisar mais conteúdos? Então volte para os de maior dificuldade;
  • Ordem do edital: Você também pode optar por realizar sua revisão de estudos seguindo a ordem do edital da prova para qual você está se preparando. Para muitos, esta é a forma “padrão” de realizar revisões;
  • Por sorteio: Esta é a forma menos ortodoxa de realizar as suas revisões. Ela consiste em colocar em papéis algumas frases ou expressões para cada assunto estudado – não coloque o nome do assunto. Depois, coloque todos os papeis em uma caixa ou em um pote. Na hora da revisão dos estudos, sorteie um tópico faça o exercício de lembrar de qual assunto esse tópico se refere. Em seguida, tente explicar o assunto para si mesmo, se desejar, faça isso em voz alta. Dessa forma, você se desafia e sai da monotonia dos estudos.

Pronto! Com todas essas dicas você estará pronto para fazer uma revisão muito eficiente. Continue acompanhando o blog Vai de Bolsa para ter acesso à dicas como estas.

Faça seu pedido de bolsa!
Em quantas faculdades quiser, de uma só vez.

Negocie o seu desconto diretamente com as faculdades!

Confira os posts mais acessados do nosso Blog

Se você está procurando por conteúdo valioso e altamente acessado, não deixe de conferir esta seção.