Bolsas de Estudo com a Nota do Enem: Perguntas Frequentes

Acesse o Vai de Bolsa e confira mais de 800 mil bolsas de estudo disponíveis, os descontos podem chegar a 100%* em cursos de graduação e pós-graduação, seja presencialmente ou na modalidade de ensino à distância – EAD. Para calcular o seu desconto, basta informar a sua nota geral e selecionar como deseja estudar.

Faça o teste e descubra em média quanto de bolsa a sua nota vale!

Não se preocupe! O Vai de Bolsa oferece outras cinco formas de ingresso que não exigem a nota do exame.

Inscreva-se gratuitamente! Em até 48 horas após a solicitação, você receberá mais informações das instituições parceiras. 

Através do nosso simulador gratuito de nota do Enem, você consegue saber quais são as suas chances em mais de 35 faculdades particulares. Faça o teste!

Como é o curso de radiologia e o mercado de trabalho

Provavelmente você já fez ao menos um exame de raio-x. Percebeu como o profissional que atua naquela sala é concentrado, faz vários procedimentos antes de você entrar e na hora de você sair? Já viu a quantidade de material dentro de uma daquelas salas de exame? Se você tem afinidade em trabalhar nessa área, precisa saber como é o curso de radiologia.

Esse profissional é o responsável por garantir a boa execução dos exames e, principalmente, a segurança das pessoas. Afinal, a exposição a alguns equipamentos de radiologia pode ser cancerígena. Portanto, a missão desse profissional é dar mais segurança aos procedimentos de diagnóstico por imagem.

Além disso, é fundamental dominar todas as técnicas necessárias para que os exames saiam com excelência em qualidade. Os exames feitos a partir da radiologia constituem a fase mais importante para o diagnóstico do médico. Assim como o profissional da enfermagem, quem trabalha com radiologia tem uma função muito importante na questão da saúde pública.

Quer saber ainda mais como é o curso de radiologia? Leia esse conteúdo até o final.

Conheça a rotina de um profissional de radiologia

No curso de radiologia, você será capacitado para desenvolver diversos processos. Todos eles, com segurança. Afinal, é o responsável não só pelo excelente exame, mas também por preservar a saúde das pessoas que entram na sala de raio-x, por exemplo. Lembre-se que esses equipamentos transmitem ondas podem causa câncer. Sendo assim, você será treinado para trabalhar com responsabilidade e seguindo as normas de segurança.

Sabendo como é o curso de radiologia, você será preparado para desenvolver técnicas radiológicas, técnicas radioterapias, técnicas radioisotópicas, técnicas industriais e de medicina nuclear. São procedimentos mais complexos. Desse modo, durante os três anos de estudos você dominará cada um deles.

A sua missão será preparar e operar equipamentos de diagnóstico por imagem. Esse é o principal procedimento realizado por um profissional da área.  A preparação do ambiente para a realização do exame envolve o preparo de soluções químicas. Então, é preciso muita concentração e também o domínio de todo o processo químico. Dessa forma, durante o seu curso, você terá muitas aulas dessa matéria específica.

Além disso, será capacitado para utilizar os meios de contrastes radiológicos e a observação das normas de radioproteção. Significa que além de saber desenvolver os procedimentos e precisa assegurar que eles foram realizado corretamente.

Entre os exames que você irá realizar, estão: mamografia, radiografia convencional, ressonância magnética e tomografia, entre outros. Todos serão ensinados separadamente durante o seu curso de especialização.

Saiba a diferença entre técnico e tecnólogo

Para começar nessa área de atuação existem duas possibilidades de formação: curso técnico e o tecnólogo. Eles têm disciplinas diferentes. Além disso, a duração do curso também muda.

A capacitação como tecnológico tem duração média de três anos. Já o curso de técnico em Radiologia é mais rápido e possui um enfoque bastante prático. Então, de forma geral, você estuda mais tempo na modalidade de tecnólogo para conseguir entender o conceito de cada um dos procedimentos que terá que realizar no dia a dia. Afinal, o curso tecnológico é um pouco mais aprofundado e apresenta algumas disciplinas adicionais sobre a gestão dos serviços radiológicos.

Para ficar um pouco mais claro sobre essa diferença, dá para entender que o curso técnico é considerado de nível médio. Então, tem matérias menos complexas e prepara você para atuação no mercado de trabalho. Já o curso tecnológico é considerado como grau superior e, ao final dele, você até pode investir em uma pós-graduação, por exemplo.

No Blog Vai de Bolsa, você pode obter mais detalhes sobre os cursos tecnólogos.

Conheça ainda mais sobre a radiologia

Você já aprendeu como é o curso de radiologia, mas se ainda ficou com dúvidas, vale assistir o vídeo abaixo. Ele vai explicar para você sobre as disciplinas encontradas na sua especialização, as diferenças entre o técnico e o tecnólogo. Além disso, dará orientações sobre o mercado de trabalho e como será a sua rotina dentro de uma empresa. Aperte o play e confira todo o conteúdo. Assim, você conseguirá entender ainda melhor como funciona a sua futura área de atuação. 

Disciplinas do tecnólogo em radiologia

Com certeza agora ficou ainda mais claro como é o curso de radiologia. Então, saiba agora todas as disciplinas que você verá em sala de aula. Aqui, estamos considerando o tecnólogo em radiologia. Como você já viu, ele é um curso mais completo e apresenta matérias teóricas que vão ajudar você a ter uma base sobre a profissão e os procedimentos.

Você terá conteúdos nas áreas de Ciências biológicas, Exatas e Humanas. O curso é focado na área médica. Sendo assim, você também vai aprender sobre Fisiologia e Anatomia. Veja algumas das disciplinas do curso:

  • Anatomia dos sistemas orgânicos
  • Bases de biologia celular e genética
  • História da radiologia
  • Planejamento de carreira e sucesso profissional
  • Práticas de promoção da saúde/prevenção
  • Bases físicas e matemáticas para radiologia
  • Elementos da radiologia
  • Ética na saúde
  • Histologia e embriologia
  • Políticas e estratégias em saúde
  • Física das radiações
  • Fisiologia humana
  • Fundamentos de epidemiologia e estatística
  • Radiologia convencional
  • Saúde e segurança no trabalho
  • Princípios de radioproteção e dosimetria
  • Radiologia odontológica
  • Controle da qualidade em radiodiagnóstico
  • Gestão de serviços radiológicos
  • Legislação e normas em radiologia
  • Mamografia e densitometria óssea
  • Metodologia científica
  • Radiologia digital e qualidade da imagem
  • Ressonância magnética
  • Tomografia computadorizada

O mercado de trabalho para o profissional de radiologia

Sendo um profissional da área e considerando como é o curso de radiologia, você poderá gerenciar os serviços e procedimentos radiológicos. Poderá trabalhar sempre levando como base as normas de biossegurança e radioproteção. Sua função normalmente é priorizada em clínicas de radiodiagnóstico, hospitais, policlínicas, laboratórios, indústrias, fabricantes e distribuidores de equipamentos hospitalares.

No entanto, a área está em constante crescimento. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) também contrata profissionais. A proposta é que eles façam a função de fiscalizar e fazer o controle de qualidade do serviço.

Além disso, dá para atuar na Radiologia Veterinária. De forma geral, esse profissional desempenha os mesmo processos e procedimentos da área médica. No entanto, recebe animais nos consultórios.

Conheça um pouco mais das possibilidades de atuação no mercado de trabalho:

  • Hospitais
  • Clínicas de Radiologia
  • Clínicas de Diagnóstico por Imagem
  • Laboratórios
  • Ambulatórios
  • Indústrias de Equipamentos Radiológicos
  • Centros de Pesquisa
  • Clínicas Odontológicas

O salário de um radiologista

Chegou o momento de saber se realmente vale a pena investir nessa carreira. Saiba então que um Radiologista ganha em média R$ 6.708,29 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 23 horas semanais, de acordo com pesquisa do CAGED do Ministério do Trabalho e Emprego.

A faixa salarial do Radiologista fica entre R$ 3.456,00 (média do piso salarial 2019 de acordos, convenções e dissídios), e o teto salarial de R$ 10.137,77, levando em conta profissionais com carteira assinada em regime CLT.

No entanto, tudo depende da sua formação, experiência e região do país em que vai atuar. O salário pode mudar de região para região. Além disso, é preciso levar em consideração a demanda do mercado e a quantidade de mão de obra disponível.

Outro quesito que você deve considerar é a sua formação. Como você viu ao longo desse texto, é possível optar pelo técnico ou pelo tecnólogo. Apesar das funções desempenhadas no dia a dia serem as mesmas, em alguns casos e, dependendo do empregador, o salário pode variar.

Sendo assim, o profissional com nível tecnólogo pode ser melhor remunerado. No entanto, vale lembrar que essa não é um regra, mas pode acontecer. Vale mesmo verificar com calma todas as propostas de trabalho antes de escolher a sua.

Mais guias completos no Blog Vai de Bolsa

Gostou de saber como é o curso de radiologia? Separamos ainda mais conteúdo para você no blog do Vai de Bolsa. Aproveite o material gratuito! Você conseguirá ter mais informações sobre essa e outras carreiras. Tem tudo o que você precisa para se dar bem na faculdade, no trabalho e na vida pessoal. São guias completos para você utilizar de acordo com a sua necessidade e momento de vida. Saia na frente dos concorrentes e construa uma carreira de sucesso.

Faça seu pedido de bolsa!
Em quantas faculdades quiser, de uma só vez.

Negocie o seu desconto diretamente com as faculdades!

Confira os posts mais acessados do nosso Blog

Se você está procurando por conteúdo valioso e altamente acessado, não deixe de conferir esta seção.