Bolsas de Estudo com a Nota do Enem: Perguntas Frequentes

Acesse o Vai de Bolsa e confira mais de 800 mil bolsas de estudo disponíveis, os descontos podem chegar a 100%* em cursos de graduação e pós-graduação, seja presencialmente ou na modalidade de ensino à distância – EAD. Para calcular o seu desconto, basta informar a sua nota geral e selecionar como deseja estudar.

Faça o teste e descubra em média quanto de bolsa a sua nota vale!

Não se preocupe! O Vai de Bolsa oferece outras cinco formas de ingresso que não exigem a nota do exame.

Inscreva-se gratuitamente! Em até 48 horas após a solicitação, você receberá mais informações das instituições parceiras. 

Através do nosso simulador gratuito de nota do Enem, você consegue saber quais são as suas chances em mais de 35 faculdades particulares. Faça o teste!

Crise na construção civil: compensa apostar em um curso de Engenharia?

Nos últimos anos, um dos setores que mais foi impactado pela turbulência na economia foi a construção civil. Na prática, a crise na construção civil atingiu em cheio as empresas do setor. O resultado foi uma redução na demanda por novos projetos e empreendimentos. Com isso, caíram também as ofertas de emprego. Nesse cenário, será que compensa fazer um curso de Engenharia? Apesar de tudo, podemos garantir que sim, pois o setor voltou a ficar aquecido novamente.

A crise na construção civil ocorreu basicamente por dois motivos. Em primeiro lugar, a economia como um todo patinou nos últimos anos, afetando vários segmentos e o mercado de trabalho. Em segundo lugar, as denúncias de corrupção envolvendo empreiteiras e o governo também abalaram a construção civil. No entanto, a engenharia civil é muito dinâmica e tem enfrentado a crise com inovação e tecnologia.

O setor imobiliário, por exemplo, é um bom termômetro que indica uma retomada da construção civil. Em outras palavras, a venda de novos imóveis também está aumentado. Por essa razão, fazer um curso de engenharia civil ainda compensa, e muito. Pesquisas apontam, inclusive, que o curso de engenharia é um dos que mais remuneram no mercado de trabalho.

Leia também: Podcast Guia de profissões: como é a carreira de um engenheiro civil

Como crise na construção civil afetou o emprego

A engenharia civil é uma das profissões mais tradicionais no Brasil. Para você ter uma ideia, é a área que tem o maior número de ingressantes em cursos de graduação em relação às demais engenharias. Isso de acordo com registros da Confederação Nacional de Engenharia e Agronomia (Confea).

A verdade é que nas últimas décadas a construção civil observou um crescimento muito alto no emprego. Isso ocorreu por conta de investimentos governamentais, obras da Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016, por exemplo. No entanto, a paralisação desse movimento e os escândalos de corrupção abalaram o setor. O mercado caiu e atingiu em cheio os engenheiros, que tiveram que se reinventar.

Foram nada mais nada menos que cinco anos de retração. Com isso, o setor encolheu 20,5% entre 2014 e 2018. Nesse período, mais de um milhão de profissionais da construção foram demitidos, entre eles, centenas de engenheiros. Estamos falando de um setor que corresponde a 6% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

Apesar disso, passado  o período de recessão, a engenharia civil voltou a ficar atraente. É, com certeza, uma das áreas mais promissoras do futuro. A prova disso é que em 2018, por exemplo, o Índice de Confiança da Construção (ICTS) iniciou um ciclo de alta.

Nesse sentido, a crise na construção civil começou a ser superada com a retomada de obras e o surgimento de postos de trabalho. Isso ocorreu, principalmente, na iniciativa privada, em áreas como edificações, saneamento, pavimentação e na incorporação imobiliária.

Empreendedorismo virou opção

Com a demissão em massa, outro movimento que cresceu para superar a crise na construção civil foi o empreendedorismo. Muitos profissionais demitidos de grandes empresas de construção e engenharia tiveram que se reinventar e abrir seus próprios negócios. São as chamadas “construtechs”, as startups do setor da construção civil. Elas foram fundamentais para retomada do setor em 2019, segundo a ABStartups.

Em 2017, em meio ao cenário de crise, a Construtech Venture, fundo de investimentos em novos negócios, mapeou 562 empresas desse segmento. Isso representa 116% a mais em relação ao ano anterior. A maioria delas tenta associar a engenharia civil com a tecnologia. Com isso, o objetivo é focar na inovação para resolver grandes gargalos da construção civil.

Um bom exemplo é a criação de aplicativos que facilitam a vida das pessoas e empresas. Ou seja, nos últimos anos, ao invés do crescimento das gigantes construtoras, quem levou a melhor no mercado foram as pequenas startups. Isso significa, também, mais empregos para engenheiros civis.

Esse movimento para a inovação também forçou as grandes empresas da construção civil a implementarem mudanças. Em outras palavras, a serem mais flexíveis e buscarem ampliar os serviços no mercado para ser mais competitivas.

Confira algumas áreas promissoras para entrar na construção civil:

  • Desenvolvimento de software
  • Sustentabilidade
  • Gerenciamento
  • Facilities
  • Reforma e decoração

Por que o curso de engenharia civil é promissor

Segundo dados de 2017 do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), existem 967 cursos de engenharia civil no país. É uma oferta de cursos atraente, que se divide entre instituições de ensino públicas e privadas. Apesar da oferta de emprego ter reduzido nas grandes empresas e aumentado nas pequenas ou startups, a engenharia civil sempre será necessária para o crescimento da economia.

A engenharia civil ainda é uma boa escolha pois o campo profissional é muito amplo para o formado na área. Em resumo, é possível trabalhar nos mais diversos tipos de indústrias, escritórios, bancos e em empresas públicas, na fiscalização de obras e coordenação de projetos.

Para quem deseja ingressar na área, é interessante também ter disponibilidade para mudanças de cidade. Muitas vezes, a vaga de trabalho está em cidades do interior o muito distantes da sua casa.

Confira abaixo quais as cidades que mais geraram empregos para engenheiros civis (2018):

  • São Paulo (SP)
  • Rio de Janeiro (RJ)
  • Belo Horizonte (MG)
  • Porto Alegre (RS)
  • Curitiba (PR)

Leia também: Veja quais são as melhores faculdades de engenharia civil do Brasil

Pós-graduação também é um bom caminho

Uma prova de que a crise da construção civil está sendo vencida por conta da diversificação da engenharia civil são o aumento da oferta de cursos de pós-graduação na área. Acredite, são muitas opções disponíveis de graduação em engenharia civil, o que pode fazer de você um profissional ainda mais diferenciado no mercado. Inclusive, há opções de pós-graduação a distância, o que pode facilitar a sua vida.

Para você ter uma ideia do tamanho do leque de áreas, há cursos de pós-graduação em Estruturas e Concreto, Arquitetura Sustentável, Avaliação e Perícia, e os populares MBAs.

Leia mais: Pós-graduação em engenharia civil: conheça 10 opções

Está convencido de que a crise na construção civil passou?

Como você pode perceber, a crise na construção afetou em cheio o mercado de trabalho para os engenheiros. No entanto, a partir de 2019, a economia mostrou uma lenta retomada, assim como o mercado da construção civil. Isso ocorre muito por conta da união da tecnologia e da inovação em um setor que tradicionalmente pautado em obras e construções.

Por conta disso, para obter uma vaga nesse disputado mercado (e também um dos salários mais atraentes frente à outras carreiras), um passo muito importante é obter qualificação. Além de fazer uma graduação em engenharia civil, procure também por uma pós-graduação na área. Há dezenas de instituições de ensino no país que ofertam cursos de engenharia civil com muita qualidade.

Acompanhe mais informações sobre cursos, capacitações, mercado de trabalho e dicas no blog Vai de Bolsa.

Faça seu pedido de bolsa!
Em quantas faculdades quiser, de uma só vez.

Negocie o seu desconto diretamente com as faculdades!

Confira os posts mais acessados do nosso Blog

Se você está procurando por conteúdo valioso e altamente acessado, não deixe de conferir esta seção.