Bolsas de Estudo com a Nota do Enem: Perguntas Frequentes

Acesse o Vai de Bolsa e confira mais de 800 mil bolsas de estudo disponíveis, os descontos podem chegar a 100%* em cursos de graduação e pós-graduação, seja presencialmente ou na modalidade de ensino à distância – EAD. Para calcular o seu desconto, basta informar a sua nota geral e selecionar como deseja estudar.

Faça o teste e descubra em média quanto de bolsa a sua nota vale!

Não se preocupe! O Vai de Bolsa oferece outras cinco formas de ingresso que não exigem a nota do exame.

Inscreva-se gratuitamente! Em até 48 horas após a solicitação, você receberá mais informações das instituições parceiras. 

Através do nosso simulador gratuito de nota do Enem, você consegue saber quais são as suas chances em mais de 35 faculdades particulares. Faça o teste!

Curso de Engenharia Civil: conheça melhor essa graduação!

Quando se fala em ganhar dinheiro e conseguir emprego rápido, logo se pensa no curso de Engenharia Civil. Isso porque o engenheiro civil desempenha diversas funções. Seja no saneamento básico, na construção de casas ou em grandes obras públicas, são muitas as oportunidades!

O engenheiro civil é uma figura importante, pois ele cuida do planejamento e execução desses projetos. Por isso, você precisa de um curso superior em uma faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Além disso, o trabalho desse profissional pode envolver pesquisas que sejam necessárias para a realização dessas construções. Estudos de viabilidade, análise de características do solo, fundação e até mesmo administração dos materiais e pessoal no local da obra.

Você pode fazer o curso de engenharia civil presencial ou EaD. Qualquer seja sua escolha, é bom saber da realidade do curso e da profissão, mas é para isso que estamos aqui!

Leia também: Quais os tipos de engenharia que existem no mercado?

Como é o curso de Engenharia Civil?

Você gosta de matemática, química e física? Essa pergunta é bem importante. Isso porque você vai estudar muito esses conteúdos no curso. Os primeiros anos têm muitas disciplinas introdutórias nessas áreas, pois são conhecimentos úteis na profissão.

Caso você já tenha se apaixonado por essa ideia de curso, mas esteja inseguro em relação aos cálculos e toda essa base de exatas, não se desespere.

O esforço exigido quando uma graduação começa é algo comum. E apesar de todas as dificuldades, é a sua vontade de aprender que ajudará a determinar seu sucesso nas disciplinas.

Mas não se preocupe: a partir do terceiro ano o curso foca mais na área de atuação. Entender dos materiais, montar projetos e outras coisas mais práticas começam a aparecer.

Além das exatas, espere um pouquinho de economia, administração e direito. São questões que não vêm à cabeça quando você pensa numa engenharia, mas acabam sendo útil na atuação profissional.

Aqui vai uma pequena lista das matérias que você vai encontrar:

  • Mecânica dos sólidos e fluídos
  • Geometria analítica
  • Cálculo
  • Eletricidade aplicada
  • Probabilidade e Estatística
  • Construção Civil
  • Informática
  • Geologia
  • Física
  • Gestão
  • Cálculo estrutural
  • Química

Segundo dados de 2019 do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), existem 1214 cursos de engenharia civil no país.

Quanto dura o curso de Engenharia Civil

São 5 anos, mas pode levar mais. Tudo depende de não reprovar nas matérias, pois sem as introdutórias você não consegue se matricular nas seguintes. Quem leva jeito para matemática entra com uma vantagem.

Se cinco anos de graduação é caro para você, é bom conferir as possibilidades de bolsas.

Além disso, você precisa fazer um estágio supervisionado e um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). O estágio tem 160 horas e a faculdade precisa acompanhar a execução.

O TCC é um projeto que você faz utilizando os conhecimentos da graduação. Tanto no TCC, quanto no estágio, você tem a oportunidade de construir contatos que irão ajudar a iniciar a carreira.

O dois também são uma possível porta de entrada para a pós-graduação, que vamos descrever melhor ao final do texto.

Engenharia Civil à distância

Estudar em casa tem sido uma opção buscada por muitos que querem fazer o ensino superior, pois é econômico e prático. Porém, é preciso ter cuidado: nem todas as faculdades oferecem bons professores e materiais.

Embora seja uma escolha importante para seu futuro, você não precisa ir atrás de todas as instituições do Brasil: aqui no blog temos posts que podem ajudar nessa decisão.

Mercado de trabalho

Quando se fala em engenharia civil, todo mundo pensa em obra, cimento, vergalhões… No entanto, a atuação do Engenheiro Civil vai além da construção civil.

Para começar, não existe só o setor privado: o governo é um grande empregador. Rodovias, saneamento básico e todo tipo de obras públicas empregam engenheiros civis.

A área da engenharia hidráulica também oferece oportunidades. Construção de barragens, por exemplo, são obras delicadas que exigem profissionais bem pagos.

Obras complexas precisam de engenheiros geotécnicos, porque é preciso calcular o efeito das obras no solo. Pense em escavações para a construção de um metrô, por exemplo.

Um detalhe importante: para atuar como engenheiro civil, você precisa ter registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea).

Enfim, com conhecimento em gestão, economia e estatística, você pode nem trabalhar com engenharia. Assim, se não se encaixar em nenhuma dessas áreas, você pode tentar uma carreira no mercado financeiro.

Rotina do engenheiro civil

Até aqui, você já deve ter uma noção do dia a dia de um Engenheiro Civil. Projetar obras, pensar os melhores materiais e coordenar tudo. Sempre pensando na maior eficiência e economia.

Outro aspecto é a preocupação com a sustentabilidade, que permeia o trabalho desse profissional. Essa tem sido uma demanda crescente, então fique de olho.

Um engenheiro civil trabalhará com cálculos todos os dias. O entendimento desses números irá orientar as decisões certas. Por isso, o conhecimento da faculdade é muito importante: você vai usar muito na sua rotina.

O engenheiro civil em geral não fica trancado no escritório. Ou seja: saber lidar com pessoas é fundamental. Se você coordena uma obra, capacidade de liderança é ainda mais.

Tenha isso em mente: você vai lidar com clientes, equipes e chefe.

Ele também deve sempre lembrar que mesmo que a fórmula para calcular volume e área nunca mudem, algumas coisas mudam. A tecnologia está sempre evoluindo e quem não vai junto fica de fora.

Por fim, temos o perfil do engenheiro civil de sucesso. Um profissional dedicado, com uma base de conhecimentos, mas que se mantém atual. Alguém com muita técnica, mas também bastante jogo de cintura para lidar com pessoas.

Como dito mais acima, você pode acabar trabalhando em outras áreas também. Assim, além disso tudo, é bom ter horizontes abertos para as possibilidades do mercado de trabalho.

Leia também: Como anda o mercado da engenharia civil no Brasil?

Quanto ganha o engenheiro civil?

Agora chegamos no assunto que todo mundo gosta: dinheiro. A profissão é regulamentada e tem um salário-base. Isso significa que você, se trabalhar como engenheiro civil, vai receber pelo menos seis salários-mínimos por 8 horas de trabalho diárias.

A média salarial do engenheiro civil é aproximadamente R$ 7.400. No entanto, você provavelmente será contratado em outra função nos primeiros empregos. Além disso, esse valor pode variar a depender do tipo, porte da empresa e região do país.

Os salários no início da carreira são menores, pois quem acaba de sair da faculdade geralmente é contratado como assistente. Espere algo na faixa de R$ 3.000, mas ainda como engenheiro junior seu salário deve aumentar.

Fique ligado para estudar as oportunidades. Como em qualquer área, o início não é fácil, mas melhora com a experiência.

Especializações em Engenharia Civil

Como você já deve imaginar, as especializações trazem um diferencial para o profissional de engenharia civil. Elas mostram que você tem um conhecimento em alguma área que poucos profissionais têm.

Se você parar para pensar, os conhecimentos descritos aqui embaixo já estão presentes no curso de engenharia civil. Mas é assim mesmo, a pós-graduação aprofunda estes conteúdos.

Outra porta que a pós-graduação abre é a de trabalhar como professor universitário, em geral uma função bem paga.

Assim é uma decisão sua querer focar em alguma delas após concluir o ensino superior.

  • Infraestrutura e transporte – Obras grandes e complexas como estradas e viadutos, além de pensar o transporte urbano.
  • Engenharia de materiais – Nessa especialização, o profissional é responsável por desenvolver novos e melhores materiais para serem usados nas obras.
  • Hidráulica – Voltada ao conhecimento dos fluídos. Obras de drenagem ou irrigação, canais, construções de hidrelétricas, entre outras.
  • Gestão de Projetos – Como projetar uma obra com o máximo de eficiência.

Agora você tem uma noção de como é a graduação em Engenharia Civil e quais portas ela abre. Use essas informações a seu favor e dê uma olhada em instituições de qualidade, como a Estácio, por exemplo. Esse pode ser o começo de uma carreira de sucesso!

Pode ser também que você queira dar uma avaliada em outras engenharias, antes de escolher. Nós temos um post para isso.

Mas se você não decidiu qual profissão seguir, não se preocupe. Aqui no blog temos vários posts que podem te ajudar!

Faça seu pedido de bolsa!
Em quantas faculdades quiser, de uma só vez.

Negocie o seu desconto diretamente com as faculdades!

Confira os posts mais acessados do nosso Blog

Se você está procurando por conteúdo valioso e altamente acessado, não deixe de conferir esta seção.