Engenharia Biomédica: entenda como é o curso e a profissão

Essa é mais um das profissões do futuro que reúnem conhecimentos de várias áreas. Então, se você gosta de saúde, mas também é um apaixonado por novas tecnologias e engenharia, achou mais uma possibilidade de carreira. A Engenharia Biomédica vai oferecer para você a oportunidade de unir essas duas áreas e ainda contribuir para a vida muitas pessoas, por meio da criação de novos equipamentos médicos. Nesse sentido, vamos dar todos os detalhes sobre o curso e a profissão nesse post.

Em suma, como um profissional formado em Engenharia Biomédica você terá a missão de usar novas ferramentas, equipamentos e a tecnologia em si em favor da medicina. Sendo assim, você será o responsável por buscar novas soluções para resolver os problemas de saúde ou mesmo evitar acontecimentos em uma região, por exemplo,

Para isso, é preciso sim encarar uma graduação. O diploma é de bacharelado e o curso pode demorar pelo menos cinco anos. Sendo assim, é preciso um pouco de paciência e bastante estudo. Afinal, você está em uma área que reúne saúde e engenharia, portanto, terá que dominar também as duas áreas do conhecimento.

A boa notícia é que existem poucos profissionais atuando no mercado. Então, pode ser uma vantagem na hora de conseguir bons empregos. Quer entender ainda mais sobre a Engenharia Biomédica?

Sobre a rotina da Engenharia Biomédica

Essa é uma área em constante evolução. Se você já percebeu que as doenças vão e reaparecem do dia para a noite, imagina a tecnologia?! Então, a rotina da Engenharia Biomédica é para quem gosta de desafios e está sempre disposto a encarar novas possibilidades no mercado de trabalho.

Como um profissional da Engenharia Biomédica você será o responsável por criar novos equipamentos médicos. Essa é a principal e mais complexa missão que você pode receber no dia a dia de trabalho. Esses materiais podem servir para identificar a doença das pessoas ou mesmo para curá-las. Então, veja que o seu trabalho é de fundamental importância. Ele terá a ver com a saúde das pessoas e, algumas vezes, até com o futuro delas.

Sendo assim, a sua rotina será a de sempre estruturar novos equipamentos, realizar a montagem, teste, fazer a manutenção calibrar e checar sempre a precisão dos resultados. Você vai servir não só como um desenvolvedor de novas soluções, mas pode trabalhar também analisando a qualidade e a precisão delas.

Atividades da Engenharia Biomédica

Agora que você já entendeu qual é a principal função dentro da Engenharia Biomédica, vamos ampliar essas possibilidades. Estamos falando aqui de criar novas ferramentas que podem apoiar pessoas. Já imaginou em ajudar alguém a voltar andar? Então, como um profissional da Engenharia Biomédica você pode desenvolver novas próteses.

Elas podem sempre funcionar da forma mais correta para o funcionamento de uma determinada parte do corpo humano. Além disso, existe a vantagem de você conseguir adaptar o equipamento para cada necessidade. Sendo assim, você pode mudar a vida de muitos pacientes. Sua função será a de encontrar os melhores materiais, formatos e funcionalidades das próteses para que elas cumpram o papel.

Além disso, dá para trabalhar com os exames e equipamentos de imagem como radiografia, tomografia, ultrassonografia, ressonância magnética e fluoroscopia. Você pode ser o profissional que amplia e melhora esses equipamentos.

Para isso, precisa estar sempre ligado nas novas funcionalidades do mercado e saber integrar uma coisa na outra para gerar novas funcionalidades. Sempre programando e buscando as melhores tecnologias pra área biológica e da saúde.

Por fim, que tal ajudar a gerir um hospital inteiro? No caso da Engenharia Biomédica essa realidade será possível. Você poderá conviver com médicos, biomédicos, enfermeiros e farmacologistas e buscar novas soluções para os problemas administrativos dos hospitais e seus procedimentos.

Você pode usar todo o seu conhecimento para fazer com que as unidades atuem de forma mais independente e sustentável.

Curso de Engenharia Biomédica

Para fazer todas as atividades descritas até aqui, você precisa se dedicar muito aos estudos. Estamos falando de um curso de Engenharia Biomédica que pode durar cerca de cinco anos. O seu diploma terá validade do ensino superior como um bacharel na área.

Só que para isso, é preciso bastante atenção na grade curricular. Ela é extensa e reúne matérias de saúde e exatas. Portanto, é preciso se identificar com os dois conteúdos para se dar bem na profissão da Engenharia Biomédica.

Você vai encontrar matérias comuns à engenharia como Matemática, Física e Química, além de Biologia e matérias relacionadas à Tecnologia da Informação (TI), como Desenvolvimento de Software e Eletrônica. As Ciências Médicas e Biológicas também estão presentes durante curso, com disciplinas como Anatomia, Fisiologia e Bioquímica, entre outras.

Separamos aqui uma lista completa das principais disciplinas que você terá que cursar durante a graduação em Engenharia Biomédica. No entanto, é bem importante você levar em consideração como é a grade curricular da faculdade que você escolher.

Afinal, ela pode mudar bastante. Além disso, saiba que existe a necessidade de você fazer um estágio e também entregar um TCC.

Portanto, esteja preparado para isso e muito mais:

  • Química dos Materiais
  • Anatomia Geral
  • Computação Aplicada à Engenharia
  • Química Geral e Orgânica
  • Eletricidade e Aplicações
  • Interação da Radiação com Tecido Biológico
  • Probabilidade e Estatística
  • Engenharia de Reabilitação
  • Modelagem Biomecânica do Corpo Humano
  • Sistemas: Nervoso, Endócrino, Cardiovascular e Respiratório
  • Circuitos Elétricos
  • Tecnologia para Diagnóstico, Terapia e Monitorização
  • Circuitos Eletrônicos
  • Instrumentação Biomédica
  • Biotecnologia
  • Bioinformática
  • Eletrônica Digital e Analógica
  • Neurociência Básica
  • Gestão Hospitalar
  • Empreendedorismo e Inovação
  • Bioquímica Experimental

Mercado de trabalho

Vamos entender melhor como está o mercado de trabalho da Engenharia Biomédica. Com os conhecimentos que você adquirir no curso que já mencionamos aqui, você poderá buscar várias oportunidades de trabalho.

A boa notícia é que existem poucos profissionais no mercado. Sendo assim, a concorrência é um pouco menor e você tem sempre a possibilidade de encontrar melhores salários.

Dá para trabalhar com consultoria em clínicas e centros de saúde ou mesmo conseguir uma vaga no setor de desenvolvimento de próteses e na área de Imagiologia médica como a Radiografia, Tomografia, Ultrassonografia, Ressonância Magnética, entre outros.

Se você prefere análises, dá para trabalhar com pesquisas científicas para propor soluções ainda melhores na utilização da tecnologia. Veja os locais que mais contratam os profissionais da Engenharia Biomédica:

  • Centros de Pesquisa
  • Empresas desenvolvedoras de tecnologias médicas
  • Hospitais
  • Universidades
  • clínicas médicas
  • centros de saúde
  • laboratórios farmacêuticos e de análises clínicas
  • serviços especializados em manutenção hospitalar e em centros de pesquisa

Salário

Agora que você entendeu quase tudo sobre a Engenharia Biomédica, vamos para o salário. Ele é bem volátil, ou seja, muda bastante. Sendo assim, você precisa estar preparado na hora de receber uma proposta de emprego.

Por isso, separamos aqui algumas possibilidades que você pode encontrar no mercado de trabalho da Engenharia Biomédica.

É importante saber que dá para trabalhar como prestador de serviços. Nesse sentido, primeiro é preciso ter um perfil mais arrojado, gostar de desafios e ter uma maturidade psicológica para lhe dar com o dinheiro ou a falta dele. Afinal, dá para ganhar muito mais, só que nem sempre o valor que cai na sua conta é constante. Então, é preciso organizar as finanças.

No entanto, se você prefere trabalhar com carteira registrada, dá para ter uma boa ideia de como está o mercado de trabalho. De forma geral, o salário da categoria que acompanha no Brasil a lei 4.950/A, de 22 de abril de 1966, do campo das engenharias, tem um valor mínimo que é:

  • Jornada de 6 horas: 6 salários mínimos
  • Jornada de 7 horas: 7,25 salários mínimos
  • Jornada de 8 horas: 8,5 salários mínimos

Vale lembrar que isso é o que está na convenção. Sendo assim, dificilmente você vai encontrar propostas trabalhistas formais com salários inferiores. Então, já dá para ter uma boa ideia de que o salário é bom e pode ficar ainda melhor.

Só para você ter uma ideia, segundo o Guia de Profissões e Salários da Catho, a média geral do país é de R$ 5.400. Porém, nas indústrias você vai conseguir achar valores mais altos em relação à outros setores, com valor médio de R$ 10.132 para supervisão e R$ 16.120 para gerência.

São salários positivos e é preciso sempre lembrar que a concorrência é mais baixa. Portanto, existem poucos profissionais e você sempre consegue negociar melhor o salário.

O que achou da Engenharia Biomédica?

Gostou das dicas sobre a Engenharia Biomédica? Tem mais conteúdo para você no blog Vai de Bolsa.

Faça seu pedido de bolsa!
Em quantas faculdades quiser, de uma só vez.

Negocie o seu desconto diretamente com as faculdades!

Confira os posts mais acessados do nosso Blog

Se você está procurando por conteúdo valioso e altamente acessado, não deixe de conferir esta seção.